Agroindústria

Agroindústria

Fechar
PUBLICIDADE

Agroindústria

Massacre no oeste da Etiópia deixa dezenas de mortos

Mais de 80 pessoas morreram, incluindo crianças, segundo comissão etíope. Novo ataque acentua crise étnica no país africano.

 

A Comissão de Direitos Humanos da Etiópia disse nesta quarta-feira (13) que mais de 80 civis morreram em uma ação no oeste do país, na região de Benishangul-Gumuz.

De acordo com a imprensa etíope, há crianças pequenas entre os mortos no massacre. Testemunhas também disseram que o número de vítimas pode ser ainda maior, passando de 100.

Uma fonte disse à agência France Presse que os criminosos usaram facas, flechas e armas de fogo durante o massacre. Ainda não se sabe a autoria dos assassinatos.

A mesma região, em dezembro, viveu um sangrento ataque que deixou mais de 200 mortos, segundo a agência Al Jazeera.

Tensão na Etiópia

Militantes da região de Amhara se dirigem a confronto com milícias de Tigré, em foto de 9 de novembro, em meio ao conflito na Etiópia — Foto: Tiksa Negeri/Arquivo/Reuters

O primeiro-ministro Abiy Ahmed está sob pressão na Etiópia em um momento de violência étnica generalizada no país: há mais de 80 grupos que têm entrado em conflito.

Um desses confrontos mais preocupantes é na região de Tigré, onde forças do governo e milícias aliadas entraram em choque contra militantes regionais. Centenas de pessoas morreram desde novembro.

Mapa mostra a região de Tigray, no norte da Etiópia — Foto: G1

VÍDEOS: mais assistidos do G1 nos últimos 7 dias

200 vídeos VÍDEO: Imagens mostram local onde corpo de jovem desaparecida na Penha foi encontrado VÍDEO: 'Ele poderia me tirar pelo menos a dor de pai', diz homem sobre filha desaparecida Vídeo mostra momento em que policial rodoviário federal é assassinado, no Recife

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Agroindústria

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE