Notícias

Notícias

Fechar
PUBLICIDADE

Notícias

Incêndios em edificações no Pará caem 7% em 2020, apontam Bombeiros

Segundo informações divulgadas nesta sexta-feira 8 , entre 2019 e 2020, houve uma redução de 64 casos registrados.

 

O número de incêndios em edificações no Pará caiu 7% no último ano, de acordo com o Corpo de Bombeiros. Segundo informações divulgadas nesta sexta-feira (8), entre 2019 e 2020, houve uma redução de 64 casos registrados. Apesar da queda, os Bombeiros dizem que os imóveis de alvenaria continuam sendo os mais atingidos.

Segundo o Major do Corpo de Bombeiros, Pablo Oliveira, grande parte das ocorrências registradas no estado poderiam ser evitadas. “É importante que, quem tenha aparelhos elétricos, como centrais de ar e ventiladores, deem manutenção nesses equipamentos. Se, por um acaso, eles não tiverem em condições de uso, não se deve insistir em utilizar, já que eles causam risco elevado. Em alguns caso, eles trazem mais riscos do que benefícios", alerta.

Com a pandemia da Covid-19, o álcool em gel passou a fazer parte da vida das pessoas, mas os Bombeiros dizem que este é um produto perigoso. Segundo os agentes, o álcool é de fácil combustão e propagação de fogo, o que pode ocasionar outros acidentes.

Para evitar acidentes em casa, os Bombeiros recomendam:

Em tempestades, tire os eletrônicos das tomadas: se notar que a chuva está forte e que os raios estão constantes tire todos os aparelhos das tomadas. Isso evita que descargas elétricas danifiquem aparelhos eletrônicos e, é claro, que incêndios ocorram.

Micro-ondas não é geladeira: Algumas pessoas não sabem, mas alguns itens não podem ser levados ao micro-ondas. Papel alumínio e potes de alumínio, ferro ou qualquer outro metal não devem ser levados ao eletrodoméstico. Isso pode causar incêndios na cozinha.

Atente-se ao ferro de passar roupa: Outro grande motivador dos incêndios domésticos são os ferros de passar. Nunca esqueça ele quente e em cima de roupas ou da própria tábua de passar. A alta temperatura pode causar incêndios.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Notícias

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE