Notícias

Notícias

Fechar
PUBLICIDADE

Notícias

Justiça determina que hospital de Almeirim regularize atendimento à população, a pedido do MPPA

A multa diária fixada pela justiça em caso de descumprimento, é de R$ 100 mil reais. Hospital opera sem medicamentos e profissionais de saúde suficientes.

 

Acatando pedido do Ministério Público a justiça determinou que o município de Almeirim, no oeste do Pará, regularize a situação dos profissionais de saúde do hospital municipal com medidas que garantam a presença de médicos, enfermeiros e demais profissionais que atendam à população local e, ainda, disponibilizando medicamentos e insumos.

A decisão é resultado de Ação Civil Pública ajuizada pela Promotoria de Justiça de Almeirim, por meio da promotora Olívia Roberta Nogueira de Oliveira, a partir de pedido de providências da própria diretoria do hospital municipal que relatou que o hospital se encontra sem médicos para atender a população de cerca de 35 mil habitantes.

“O Poder Público tem obrigação constitucional de proporcionar o direito à saúde, sendo, neste caso, dever do Município a garantia da presença de contingente mínimo de médicos, enfermeiros e demais profissionais que atendam à população de Almeirim nas demandas relacionadas à saúde, além de medicamentos e insumos (...) a demora do provimento final pode trazer danos graves à saúde de todos aqueles que precisarem que atendimento médico na cidade de Almeirim”, destacou o juiz.

A multa diária fixada pela justiça em caso de descumprimento, é de R$ 100 mil reais.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Notícias

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE