Notícias

Notícias

Fechar
PUBLICIDADE

Notícias

PM é expulso da corporação por se apossar ilegalmente de imóveis em Marabá

O agente se apossou, ilegalmente, de três imóveis na cidade e ainda tentou vender as propriedades

 

O ex-cabo da Polícia Militar Isaías Martins de Barros, que atuava em Marabá, sudeste do Pará, foi expulso da corporação. De acordo com a PM, a decisão foi tomada após se confirmado o crime de esbulho possessório. O agente se apossou, ilegalmente, de três imóveis na cidade e ainda tentou vender as propriedades

O crime de esbulho se caracteriza pela invasão de bens imóveis ou apropriação ilegal desses bens. Segundo a PM, o processo de investigação apontou que depois de se apossar dos imóveis, o ex-militar fazia algumas reformas e então colocava para venda. Quando os proprietários reclamavam, ele fazia pouco caso e às vezes, exigia dinheiro para a devolução do bem.

Em nota, informou que o militar foi submetido a Conselho de Disciplina que concluiu que o militar não reúne mais condições de permanecer nas fileiras da Corporação. A Corregedoria Geral já informou a decisão ao ex-policial. O caso ainda deve seguir em investigação pela Polícia Civil de Marabá, para dar uma solução às vítimas do esbulho possessório cometido pelo ex-policial militar.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Notícias

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE