Notícias

Notícias

Fechar
PUBLICIDADE

Notícias

Briga entre irmãos é tema do quadro Pequeninos desta quarta

Psicóloga Diana Nobre dá dicas para os pais sobre como lidar com as brigas entre as crianças.

 

O quadro Pequeninos, que aborda os assuntos infantis no G1 e Bom Dia Pará, fala sobre brigas entre irmãos nesta quarta-feira (18).

A psicóloga Diana Nobre dá dicas de como os pais devem lidar com esses desentendimentos dentro de casa. Confira a entrevista:

Pergunta 1) Briga entre irmãos é comum? O que causa esse desentendimento?
Psicóloga: É muito normal e, acima de tudo, esperado que a gente tenha briga entre irmãos, pois mesmo com muitas semelhanças, mesmo sendo da mesma família, mas cada criança tem seu jeito de ser. São pessoas diferentes e são ainda pequenininhos e estão aprendendo a dialogar, a ceder, a pedir desculpas, e nesse grande processo de aprendizagem vemos algumas brigas entre irmãos. Aí, cabe aos pais incentivar o diálogo entre os irmãos. E isso já é uma grande preparação pra vida, pra conviver com as diferenças e saber lidar com a diversidade.

Pergunta 2) Quais sinais os pais devem perceber de que um dos filhos está querendo chamar atenção?
Psicóloga: As crianças chamam a atenção dos pais a todo momento, quando elas dizem, por exemplo, “pai/mãe, brinca comigo?”. Ela tá querendo dizer, em outras palavras, "me dê atenção". Ou “pai/mãe, vamos passear?”. E se esses pais não correspondem com o tempo significativo para essa criança, ela demonstra que precisa de atenção de outras maneiras que pode não ser a mais adequada, como birras, desobediência, comportamentos inadequados que essa criança normalmente já tinha superado, como ciúmes, rivalidades entre irmãos.

Pergunta 3) Qual a recomendação quando há a chegada do segundo filho?
Psicóloga: A melhor orientação é o diálogo. É importante que esses pais sentem com essa criança para falar sobre essa outra criança que irá chegar. Os pais sempre devem deixar uma abertura para que a criança fale o que sente com a chegada desse irmão. Inclusive, é o momento oportuno para falar com essa criança o que vai mudar! Pois muitos pais falam inicialmente que nada vai mudar! Mas muita coisa muda sim e é importante deixar essa criança preparada para essas mudanças! O diálogo é fundamental.

Pergunta 4) Quando há diferença de idade entre irmãos, como os pais devem dosar o tempo com um bebê e um filho mais crescido, por exemplo?
Psicóloga: Os pais podem se dividir entre as crianças, para que nenhuma delas se sinta de lado. Além disso, podem chamar o filho mais velho pra contribuir com algumas atividades do mais novo. Isso ajuda a criar um clima de cooperação.

Pergunta 5) Quais tipos de atividades irmãos devem fazer juntos para ficarem mais próximos?
Psicóloga: Jogos que envolvam interação, como desenhar juntos, esconde esconde dentro de casa, fazer acompanhamento na sala juntos. Caça ao tesouro dentro de casa.

Pergunta 6) Qual a orientação para irmãos gêmeos? Devem ser educados em turmas diferentes?
Psicóloga: As pesquisas científicas não apresentam resultados em definitivo. Isso depende muito da dinâmica das crianças. Porém, os estudos comprovam uma certa preferência por estudar juntas na fase que inicia o processo de escolarização.

Veja mais vídeos do quadro Pequeninos:

9 vídeos Alergista fala sobre convivência entre pequeninos e pets Quadro 'Pequeninos' fala sobre importância da brincadeira no desenvolvimento de crianças Quadro 'Pequeninos' fala sobre a fé das crianças durante o Círio

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Notícias

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE