Agroindústria

Agroindústria

Fechar
PUBLICIDADE

Agroindústria

Ataque suicida em restaurante na Somália deixa mortos

Grupo terrorista Al-Shabab, ligado à Al-Qaeda, assumiu autoria do ataque. Estabelecimento ficava próximo a academia de polícia; dois policiais morreram.

 

Um atentado suicida em um restaurante de Mogadíscio, capital da Somália, matou cinco pessoas e feriu outras dez nesta terça-feira (17), informaram fontes de segurança. Duas das vítimas eram policiais. O ataque foi atribuído ao grupo terrorista Al-Shabab.

Segundo relatos de autoridades e de testemunhas, o assassino se explodiu assim que entrou no restaurante. O estabelecimento fica localizado perto de uma academia de polícia da capital somali.

Em entrevista à agência France Presse, o policial Mohamed Abdirahman afirmou que os feridos foram levados com urgência a um hospital. Alguns deles apresentavam lesões graves.

Abdukadir Husein, uma das testemunhas do atentado, comentou que havia dezenas de pessoas no restaurante quando ocorreu a explosão.

"Muitas das pessoas que estavam dentro ficaram feridas. Eu pessoalmente vi os corpos de duas pessoas. A explosão destruiu tudo", afirmou.

O grupo islamita Al-Shabab, vinculado à Al-Qaeda, ataca frequentemente alvos civis e governamentais em Mogadíscio, cidade que controlava até ser expulso pelas tropas da União Africana, em 2011.

  • SAIBA MAIS: Al-Shabab é acusado pelo maior ataque da história da Somália

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Agroindústria

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE