Notícias

Notícias

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Centro-Oeste: Campo Grande MS reelege Trad e capitais de GO e MT vão para o segundo turno

Em Goiânia, segundo turno será disputado entre Maguito Vilela e Vanderlan Cardoso; Já em Cuiabá, novo gestor sairá do embate entre Abilio PODE e Emanuel Pinheiro MDB

 

A capital de Mato Grosso do Sul já conhece bem o seu novo gestor. O atual prefeito da cidade, Marquinhos Trad (PSD), foi reeleito após obter 52,5% dos votos, de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Na região Centro-Oeste, Goiânia e Cuiabá vão conhecer seus prefeitos apenas no segundo turno. Houve lentidão na soma dos votos em boa parte do Brasil, provocando atraso nos resultados. Por não ter municípios, o Distrito Federal não participa das eleições municipais.
 
Atual prefeito de Campo Grande, Trad o cargo que também já foi do irmão, Nelson Trad Filho. Na última pesquisa Ibope, realizada entre 9 e 11 de novembro, o prefeito já despontava na frente. O então candidato foi avaliado como ótimo ou bom por 53% dos entrevistados. A margem de erro é de 4 pontos percentuais para mais ou para menos.
 
Segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o primeiro turno no estado registrou quatro candidatos e três eleitores presos por boca de urna. Em relação às urnas, das mais de seis mil, houve troca ou ajuste em apenas 42 unidades.

TSE descarta ataque hacker e admite atraso na contagem de votos

Não votou? Saiba como justificar a ausência nas urnas nas Eleições 2020

Minas Gerais lidera número de candidatos presos nas Eleições de 2020

Goiás

Em Goiânia (GO), o segundo turno vai ser disputado entre Maguito Vilela (MDB) e Vanderlan Cardoso (PSD). O candidato emedebista, de 71 anos, está internado no hospital com Covid-19 e foi entubado nesse domingo (15) no hospital Albert Einstein, em São Paulo, de onde acompanhou o resultado do primeiro turno.
 
Vilela foi diagnosticado com a doença em 20 de outubro e foi internado em um hospital da cidade. Sete dias depois, ele recebeu o diagnóstico de 75% de inflamação nos pulmões, chegando a um nível crítico de saturação de oxigênio no sangue. Maguito já foi governador, deputado federal constituinte e prefeito em Jataí (GO).Ele obteve 36% dos votos. 
 
Já Vanderlan Cardoso, que conquistou 24,6% do eleitorado, é empresário e foi eleito em 2018 como senador. Ele concorre agora à cadeira na prefeitura.

Arte: Brasil 61

O último boletim do Tribunal mostrou que três candidatos foram presos por boca de urna em Goiás. Oito eleitores também foram presos pelo mesmo motivo e outros três foram presos por outros motivos, como corrupção eleitoral e divulgação de propaganda. Em relação às urnas, as seções contaram com 12,8 mil máquinas, sendo que 60 tiveram que ser substituídas durante a votação.

Votação para senador em Mato Grosso

Já em Mato Grosso, os mais de 2,3 mil eleitores aptos escolheram também um senador. A nova votação foi anunciada após cassação do mandato da senadora Selma Arruda (Podemos), após condenação por caixa dois e abuso de poder econômico na campanha eleitoral. O vencedor vai permanecer no cargo por seis anos, e não oito como os eleitos em 2018.
 
Para a prefeitura, a capital Cuiabá vai ter segundo turno. A disputa fica restrita entre os candidatos Abilio (PODE) e Emanuel Pinheiro (MDB), que tenta a reeleição.  
Pelo menos 20 pessoas foram detidas pela Polícia Federal nesse domingo. De acordo com a PF, a prisão ocorreu em Cuiabá por compra de votos. Conforme o boletim, um grupo de candidatos estaria pagando o combustível em troca de votos num posto de combustível do Bairro Parque Atalaia.
 
Das 6.633 urnas presentes nas seções eleitorais, 38 tiveram que ser substituídas durante o pleito deste domingo.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Notícias

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE