Notícias

Notícias

Fechar
PUBLICIDADE

Notícias

Consumidores devem ficar atentos a promoções da Black Friday; saiba onde denunciar fraudes no PA

Expectativa é que este ano as compras pela internet aumentem, mas é preciso ter cuidado em lojas físicas e virtuais, para não cair em golpe.

 

Os consumidos paraenses estão ansiosos para a chegada da Black Friday no fim do mês de novembro. As promoções são um atrativo quase irresistível, mas os especialistas alertam para os golpes que podem ocorrer neste período.

No comércio de Belém, as lojas estão antecipando as promoções. A estratégia foi necessária diante do cenário de pandemia, para evitar cenas de aglomeração típicas desse período.

As promoções da Black Friday são tentadoras, afinal, quem não gosta de um bom desconto?! Mas é preciso ter cuidado em lojas físicas e na internet, para não cair em golpe.

Segundo o advogado do consumidor Hugo Mercês, a expectativa é que este ano as compras pela internet aumentem, já que por causa da pandemia as pessoas aprenderam a utilizar meios eletrônicos para fazer compras.

Veja como registrar denúncia de fraude na Black Friday:

  • Espere os prazos informados pela empresa
  • Registre sua queixa nos canais de reclamações e denúncias de cada instituição
  • Procure o Procon, Delegacia do Consumidor ou Defensoria Pública

Os endereços para reclamações são os seguintes:

  • Procon
    Travessa Lomas Valentinas, 1150, Pedreira, Belém
    Telefone: (91) 3073-2824 ou pelo 151
  • Delegacia Especial do Consumidor (DECON)
    Rua Avertano Rocha, 417. Batista Campos, Belém
    Telefone: (91) 3212-2022
  • Defensoria Pública
    Travessa Padre Prudência, 154 (3º Andar), Campina, Belém
    Telefone: (91) 3201-2712 / 2697 / 2713
  • Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor
    Rua Ângelo Custódio, 36, Cidade Velha, Belém
    Telefone: (91) 4008-0416 / 0501 / 0400
  • Juizado Especial do Consumidor
    Travessa Dom Romualdo de Seixas, 1278, Umarizal, Belém
    Telefone: (91) 3230-3136.

Os números de crimes praticados na internet diminuíram em relação ao ano passado, mas continuam elevados. Segundo a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará, no ano passado, de janeiro a outubro, foram registrados 1.284 casos de estelionatos praticados na internet no estado. Este ano, no mesmo período, foram contabilizadas 1.147 ocorrências.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Notícias

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE