Notícias

Notícias

Fechar
PUBLICIDADE

Trânsito

Condutora embriagada causa acidente em Lucas do Rio Verde

 

Na noite do último sábado um acidente envolvendo um automóvel Gol Raly e um Fiat Cronos levou a condutora do primeiro carro para prisão por dirigir alcoolizada.

Os dois veículos circulavam na Av. Ângelo Dalalba, em Lucas do Rio Verde, ao chegar no cruzamento com a avenida mato Grosso, a condutora parou o Fiat na via circulatória e acabou sendo atingida por trás pelo condutora do veículo Gol que já havia passado sem reduzir no quebra-molas colocado pouco antes justamente para diminuir a velociade no local.

Com a chegada da polícia foi verificado que a causadora do acidente, V. C. de 43 anos, tinha latas de cerveja abertas dentro do automóvel, o que já é considerado crime de trânsito pela atual legislação, e que foi comprovado pelo exame através do bafômetro, que ela se recusou de início à fazer, e apresentava sinais claros de embriaguez. O exame demonstrou que ela tinha 1.2 miligramas de álcool no sangue, sendo que apenas 0,33 miligramas já é considerado crime que leva a condução do infrator à prisão até definição pelo órgãos policiais ou judiciais por sua soltura mediante pagamento de fiança ou se serão mantidos presos.

Além disso, o horário do acidente já adentrava o determinado pela Justiça Eleitoral como proibitivo para consumo de álcool, conhecido por "lei seca eleitoral". A condutora do veículo causador do acidente foi encaminhada para delegacia de polícia para que fosse determinado se ficaria presa ou liberada com fiança.

Pelo visto o aumento das multas por condutores alcoolizados não tem surtido tantos efeitos para alguns deles, que arriscam as vidas de terceiros.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Notícias

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE