Notícias

Notícias

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Municípios do Nordeste substituíram 706 urnas eletrônicas durante primeiro turno de votação

O TSE também divulgou a quantidade de ocorrências envolvendo pessoas não candidatas. O destaque é para Alagoas, com 168 registros, sendo que 5 deles com prisão e 163 sem

 

Ao longo deste domingo (15), enquanto os eleitores se deslocavam para votar, as sessões de alguns municípios do Nordeste brasileiro tiveram que fazer substituições de urnas eletrônicas que apresentaram defeito. Na região, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), pelo menos 706 urnas foram trocadas.

O estado nordestino que registrou o maior número de substituição do equipamento foi Pernambuco, com um total de 189. Na sequência aparece Ceará com 133 trocas, Bahia, com 101, Sergipe com 90 e Maranhão com 54. Alagoas e Paraíba aparecem com 41 substituições de urnas cada, enquanto no Rio Grande do Norte e no Piauí o total foi de 38 e 19, respectivamente.

O TSE também divulgou a quantidade de ocorrências envolvendo pessoas não candidatas. O destaque é para Alagoas, com 168 registros, sendo que 5 deles com prisão e 163 sem. Foi o estado com o maior número de ocorrências registradas em todo o País. No Nordeste, a quantidade de ocorrências até o fechamento desta matéria foi de 376.

Doze candidatos já foram presos por crime eleitoral na Região Nordeste, informa TSE

São Paulo e Rio de Janeiro são os estados com mais urnas substituídas até o início desta tarde, aponta TSE

De acordo com o Governo Federal, integrantes da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Ministério da Defesa, Tribunal Superior Eleitoral, representantes dos estados e de outros órgãos do Governo Federal terão acesso às ocorrências registradas durante o andamento das eleições nos municípios. 

Todos os dados coletados servem para alimentar boletins informativos divulgados, a cada duas horas, por meio do site e das redes sociais do Ministério da Justiça e Segurança Pública.
 

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Notícias

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE