Notícias

Notícias

Fechar
PUBLICIDADE

Notícias

'''Santinhos''' nas ruas e poucas filas em seções marcam manhã de votação em Santarém

Cerca de 220 mil eleitores estão aptos a votar nestas eleições, também marcada pelo cenário da pandemia do novo coronavírus.

 

As primeiras duas horas de votação do 1º turno das eleições em Santarém, no oeste do Pará, foram marcadas por poucas filas nas seções eleitorais e eleitores seguindo as recomendações de uso da máscara. A sujeira nas ruas provocada pelos "santinhos" de candidatos também marcaram esta manhã de domingo (15). O município tem aptos a votar 221.537 eleitores.

Mesmo com o avanço da Covid-19, é obrigatório o voto para escolher os próximos prefeitos e vereadores, sendo necessário justificar caso o eleitor não possa comparecer ao local de votação.

O idoso Edmilson Santos, 62 anos, foi um dos primeiros a chegar em uma das seções eleitorais. Ele aprovou o horário preferencial para votação de idosos. "A gente tem que votar pra ver se a cidade melhora, é isso que todo mundo espera", disse.

Edmilson Santos, 62 anos, se preparando para votar em Santarém, no Pará — Foto: Sílvia Vieira/G1

Como havia horário preferencial para votação de idosos, poucas filas foram registradas nas seções eleitorais. Muitas pessoas deixaram para ir às seções após às 10h.

Horário

Neste ano, o horário de votação foi ampliada para evitar aglomerações na pandemia. O eleitor pode votar das 7h às 17h. Porém, o horário das 7h às 10h é preferencial para os idosos.

Pessoas de outras idades não serão impedidas de votar nesse período, mas a Justiça Eleitoral pede para que a preferência seja respeitada. Os eleitores de outras faixas etárias serão orientados a ficar no final da fila ou em fila separada.

O que eu preciso levar?

É preciso levar um documento oficial com foto. Pode ser a carteira de identidade, de trabalho, de motorista, passaporte, certificado de reservista ou carteira de categoria profissional reconhecida por lei. Levar o título de eleitor é recomendável, mas não obrigatório. Mesmo quem perdeu o título pode votar.

Caso o eleitor tenha feito a biometria, também pode usar o aplicativo para celular ou tablet e-título, desenvolvido pelo Tribunal Superior Eleitoral. Neste caso, não é preciso levar mais nenhum documento.

Além de obrigatoriamente usar máscara, o eleitor deve, de preferência, levar a própria caneta para assinar o caderno de votação e uma cola com os números dos candidatos, se necessário.

Quais as recomendações em relação à Covid-19?

  1. se tiver com febre ou outros sintomas se Covid-19, o eleitor deve ficar em casa e justificar o voto;
  2. uso de máscara é obrigatório nos locais de votação. O mesário pode pedir para o eleitor abaixar rapidamente o material para identificação da pessoa;
  3. eleitor preferencialmente deve levar a própria caneta para assinar o caderno de votação;
  4. todas as pessoas devem ficar a pelo menos um metro de distância umas das outras;
  5. evite levar as mãos ao rosto;
  6. se precisar espirrar, use um lenço ou a parte interna do cotovelo;
  7. evite cumprimentar outras pessoas com contato físico, como aperto de mão, beijos e abraços;
  8. se possível, vá ao local de votação sozinho. Evite levar acompanhantes, como crianças;
  9. use álcool em gel antes e depois de votar. Ele estará disponível dentro do local de votação;
  10. permaneça no local de votação só durante o tempo necessário para votar.

Como o eleitor deve proceder na hora de votar?

  • ao entrar na sala de votação, o eleitor deve primeiramente ficar a pelo menos um metro de frente para a mesa dos mesários. Uma marcação no chão mostrará essa distância;
  • para evitar contato com os mesários, o eleitor deve esticar o braço para mostrar o documento de identificação;
  • o mesário vai procurar o nome do eleitor no caderno de votação. O presidente da mesa vai ler o nome em voz alta e o eleitor precisa confirmar que é ele, caso a informação esteja correta;
  • o eleitor deve guardar o documento de identificação;
  • deve higienizar as mãos com álcool em gel;
  • o eleitor deve assinar o caderno de votação. Se isso não for possível, será recolhida a impressão digital. Neste caso, o eleitor deve novamente higienizar as mãos com álcool em gel após o carimbo da digital;
  • se o eleitor precisar do comprovante de votação, deve pedir ao mesário antes de ir à urna;
  • quando a urna for habilitada, o eleitor deve ir à cabine de votação;
  • o eleitor deve digitar o número dos candidatos escolhidos e apertar a tecla "confirma";
  • após votar, o eleitor deve higienizar as mãos novamente com álcool em gel e sair do local de votação.

Justificativa

  • Eleitor que não puder votar deverá justificar pelo aplicativo e-Título
  • Eleitor que não puder votar deverá justificar pelo aplicativo e-Título

Neste ano, por conta da pandemia, a justificativa deve ser feita pelo aplicativo e-Título até 14 de janeiro, no caso do primeiro turno. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), caso o eleitor não tenha smartphone ou acesso à internet, o processo pode ser feito, excepcionalmente, em qualquer seção eleitoral.

O eleitor que não justificar a ausência dentro do prazo estipulado pelo TSE terá que pagar multa para regularizar a situação

Enquanto estiver em débito com a Justiça Eleitoral, ele não pode, por exemplo, tirar ou renovar passaporte, receber salário ou proventos de função em emprego público, prestar concurso público e renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo – entre outras consequências.

ELEIÇÕES 2020 EM SANTARÉM

  • Santarém tem oito candidatos a prefeito nas eleições 2020; veja quem são

  • Conheça os planos de governo dos candidatos à Prefeitura de Santarém

  • Eleições 2020: conheça os planos dos candidatos a prefeito de Santarém para a Saúde

  • Candidatos a prefeito de Santarém priorizam asfalto e transporte público; veja propostas para Infraestrutura

  • Candidatos à prefeitura de Santarém dizem o que pretendem para melhorar transporte público

  • Candidatos a prefeito de Santarém dizem o que pretendem fazer para desafogar atendimento na UPA 24H

  • Candidatos a prefeito apresentam proposta para combater loteamentos irregulares em áreas de igarapés, em Santarém

  • Conheça as propostas dos candidatos a prefeito de Santarém para ampliar atendimento na educação especial

13 vídeos Funciona Assim: como justificar ausência na votação Funciona Assim: a cota para mulheres nas eleições Funciona Assim: o que os eleitores podem fazer na campanha eleitoral

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Notícias

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE