Notícias

Notícias

Fechar
PUBLICIDADE

Notícias

Polícia Federal flagra transporte irregular de eleitores e possível compra de votos em Belterra, no Pará

Flagrante aconteceu durante a manhã deste domingo 15 . No veículo, agentes encontraram material gráfico, dinheiro e anotações.

 

A Polícia Federal flagrou na manhã deste domingo (15) no município de Belterra, no oeste do Pará, um veículo que fazia transporte irregular de eleitores. Durante a verificação no interior do carro, os agentes encontraram indícios de possível compra de votos.

De acordo com a PF, além dos santinhos de candidatos, foram encontradas dentro do carro cédulas de dinheiro e um caderno com lista de nomes e pagamentos que indica possível negociação de compra de votos.

No carro apreendido em Belterra pela Polícia Federal havia quatro pessoas, sendo dois eleitores — Foto: Polícia Federal/Divulgação

Das quatro pessoas que estavam dentro do veículo, três foram conduzidas à sede da Polícia Federal em Santarém. Por questões de saúde, um eleitor ficou em Belterra. De acordo com a PF, foi lavrado o flagrante por corrupção eleitoral e transporte de eleitores, crimes conjugados e inafiançável. Uma mulher foi presa.

O material gráfico, o dinheiro, as anotações e o carro foram apreendidos e também encaminhados à sede da PF em Santarém.

Operação 'Voo da Madrugada'

Dupla foi flagrada pela PF jogando material gráfico de candidatos próximo a seção eleitoral em Santarém, Pará — Foto: Polícia Federal/Divulgação

A Polícia Federal conduziu dois homens à delegacia após flagrar a distribuição de material gráfico de candidatos próximo a seção que funciona na unidade Rondon da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa), em Santarém. O flagrante aconteceu na madrugada deste domingo (15) durante a operação "Voo da Madrugada", que visa combater o derramamento de "santinhos" no dia das eleições.

As duas pessoas estavam em um motocicleta quando foram avistados pelos agentes federais. Houve perseguição e a equipe conseguiu abordar os dois homens. A dupla e a motocicleta foram conduzidos à delegacia da Polícia Federal para de Termo Circunstanciado de Ocorrência. O material de campanha foi apreendido.

13 vídeos Funciona Assim: como justificar ausência na votação Funciona Assim: a cota para mulheres nas eleições Funciona Assim: o que os eleitores podem fazer na campanha eleitoral

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Notícias

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE