Notícias

Notícias

Fechar
PUBLICIDADE

Cidades

Mais de 25 mil estudantes de instituições federais recebem chips do projeto Alunos Conectados do MEC

Nos primeiros seis meses, a medida pretende beneficiar cerca de 400 mil alunos, priorizando aqueles com renda familiar mensal de até meio salário mínimo

 

Mais de 25 mil chips foram entregues em 28 universidades federais e instituições da Rede Federal de educação profissional científica e tecnológica em todo o país. A ação faz parte do o Projeto Alunos Conectados do Ministério da Educação (MEC), pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP).

O programa visa disponibilizar internet gratuita para estudantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica matriculados em instituições da Rede Federal de todo o país, oferecendo condições para a retomada das atividades acadêmicas de maneira remota, que foram paralisadas devido a pandemia da Covid-19.

Programa Dinheiro Direto na Escola libera R$ 525 milhões para educação

Escolas receberão incentivos para programa de Ensino Médio em Tempo Integral

Nos primeiros seis meses, a medida pretende beneficiar cerca de 400 mil alunos, priorizando aqueles com renda familiar mensal de até meio salário mínimo. Assim que chegam às instituições, os chips são desbloqueados pelas operadoras e direcionados aos estudantes de baixa renda. A carga inicial de internet da franquia dos chips é de 20 GB, com renovação todo dia 30 de cada mês.

Uma das instituições que já recebeu os chips solicitados foi a Universidade Federal do Maranhão (UFMA). 2.342 unidades foram entregues na instituição e encaminhadas aos estudantes aptos ao benefício.

O número de chips enviados para cada instituição foi estabelecido em função da necessidade informada por elas ao Ministério da Educação. A única regra determinada pelo MEC é que as universidades não podem estar com as aulas suspensas ou sem previsão de retorno.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Notícias

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE