Agroindústria

Agroindústria

Fechar
PUBLICIDADE

Agroindústria

Análise: Recorde de votos antecipados não é garantia de vitória de Joe Biden nos EUA

Apesar de mais de 28 milhões de americanos já terem votado e de os democratas superarem republicanos em dois por um em seis estados, quadro ainda pode mudar na data da eleição ou nos dias que a antecedem.

 

Considerando os (mais de) 28 milhões de americanos que votaram antecipadamente, é possível entender por que o Partido Democrata, do candidato Joe Biden, está muito otimista em relação a estas eleições presidenciais dos Estados Unidos.

Segundo o jornal “The Washington Post”, os democratas têm votado mais do que os republicanos. Em seis estados americanos, a proporção chega a ser de dois para um. Isso quer dizer que o dobro de democratas votaram em relação aos republicanos.

E no estado da Flórida, um dos principais por ter um grande peso no Colégio Eleitoral, 2,5 milhões já votaram, e dentro desse número, também com predomínio dos democratas.

Por tudo isso, a campanha de Joe Biden está muito otimista e, a de Donald Trump, muito preocupada a esta altura do campeonato.

Mas isso não quer dizer que Joe Biden vai ganhar a eleição, ou que ele está na frente. Isto quer dizer apenas que neste momento o cenário é esse.

Pode acontecer, por exemplo, de uma avalanche de republicanos votarem no dia da eleição ou nos dias que antecedem o 3 de novembro, e então Trump pode recuperar os eleitores teoricamente perdidos.

Vídeos: Rumo à Casa Branca

6 vídeos Rumo à Casa Branca: Votos antecipados Rumo à Casa Branca: Direito ao voto Rumo à Casa Branca: Comunidade LGBTQ

ELEIÇÕES NOS EUA 2020

  • Veja o calendário eleitoral

  • Como funciona a eleição

  • Trump x Biden

  • Polêmica dos votos por correio

  • Primeiro debate entre Biden e Trump

  • Debate entre Kamala Harris e Mike Pence

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Agroindústria

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE