Agroindústria

Agroindústria

Fechar
PUBLICIDADE

Agroindústria

Tribunal de Berlim anula ordem que determinava fechamento de bares e restaurantes às 23h

A Justiça considerou que não há evidências de que o fechamento dos estabelecimentos contribua para impedir a disseminação do coronavírus.

 

Um tribunal administrativo de Berlim, na Alemanha, anulou, nesta sexta-feira (16), a ordem da prefeitura que obrigava o fechamento de bares e restaurantes da cidade entre 23h e 6h.

A Justiça considerou que não há evidências que a medida ajude na luta contra o aumento de contágios por coronavírus.

Montagem fotográfica com a fachada de bares da cidade de Berlim — Foto: Fabrizio Bensch/Reuters

Onze proprietários de restaurantes recorreram à Justiça para pedir uma análise das restrições, impostas em 10 de outubro. Na decisão, o tribunal considerou que a medida representava uma "usurpação desproporcional da liberdade" do setor.

A capital alemã havia decidido que os bares deveriam fechar nesses horários até 31 de outubro. A prefeitura também proibiu a venda de álcool em lojas de conveniência. As boates da cidade já estão fechadas há meses.

  • Em campanha de Berlim, idosa mostra dedo do meio a quem não usa máscara

Frankfurt e Colônia, outras grandes cidades do país, também tomaram medidas semelhantes.

A taxa de infecção em Berlim tinha passado de 50 por 100 mil habitantes por sete dias consecutivos. Esse é considerado um patamar máximo aceitável. A cidade é considera agora uma zona de risco.

Não é o momento para festejar”, disse o prefeito Michael Muller.

20 vídeos Vídeo mostra vendedor momentos antes de ser atingido por botijão em Copacabana, no Rio Polícia Militar de SC faz resgate de alpinistas presos em cânion Ministro Marco Aurélio Mello e Luiz Fux, presidente do STF, discutem durante julgamento

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Agroindústria

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE