Agroindústria

Agroindústria

Fechar
PUBLICIDADE

Agroindústria

Polônia neutraliza maior bomba da II Guerra Mundial já encontrada no país

A Tallboy de mais de cinco toneladas acabou explodindo a 12 metros de profundidade em um canal de navegação, mas mesmo assim não causou danos. Com carga explosiva equivalente a 3,6 toneladas de dinamite, ela poderia causar um pequeno terremoto e fo

 

Especialistas poloneses em desminagem conseguiram neutralizar uma das maiores bombas da Segunda Guerra Mundial, descoberta no fundo de um canal de navegação no noroeste da Polônia, anunciou a Marinha polonesa.

A operação inédita e particularmente delicada com a bomba "Tallboy" de mais cinco toneladas, capaz de provocar um pequeno terremoto, foi concluída sem danos mesmo que, apesar do projeto inicial, tenha acabado explodindo.

A bomba, lançada por um avião britânico em abril de 1945 durante um ataque a um contratorpedeiro alemão, "pode ser considerada neutralizada", anunciou em um comunicado o porta-voz da 8º flotilha de defesa costeira polonesa, Grzegorz Lewandowski.

Mergulhadores da marinha participam de operação para desativar a maior bomba da II Guerra Mundial já encontrada na Polônia, em Swinoujscie, na segunda-feira (12) — Foto: 8 Flotylla Obrony Wybrzeza/Handout via Reuters

Por razões de segurança, os desminadores descartaram desde o início o método tradicional de detonação - o mais frequente mas também o mais violento -, muito temido no caso de uma bomba de seis metros de comprimento com 2,4 toneladas de explosivos, o equivalente a 3,6 toneladas de dinamite.

A bomba estava a 12 metros de profundidade sob as águas do canal, perto de casas e infraestruturas importantes, o que levou à evacuação dos vizinhos.

Os especialistas apostaram no procedimento de deflagração, que consiste em uma combustão da carga explosiva a uma temperatura abaixo do limiar de detonação.

Mergulhadores da marinha participam de operação para desativar a maior bomba da II Guerra Mundial já encontrada na Polônia, em Swinoujscie, na segunda-feira (12) — Foto: 8 Flotylla Obrony Wybrzeza/Handout via Reuters

Por fim, "o processo de deflagração se transformou em detonação", observou Lewandowski, mas "sem risco para as pessoas que participaram diretamente na operação".

Swinoujscie (Swinemunde em alemão) foi durante a Primeira e a Segunda Guerra Mundial uma das bases mais importantes da Marinha alemã no Báltico, lembra o historiador Piotr Laskowski, autor de um livro detalhado sobre o ataque da Real Força Aérea (RAF) contra o destróier Lützow, então ancorado em um canal na cidade.

Em 16 de abril de 1945, a RAF enviou 18 bombardeiros Lancaster da Divisão 617 estacionada em Woodhall Spa, a 225 km de Londres, com destino a Swinoujscie, onde estava o cruzeiro alemão "Lützow".

No total, doze Tallboys foram lançadas contra o Lützow, entre elas esta que não explodiu.

Vídeos: Os mais assistidos do G1 nos últimos 7 dias

20 vídeos Vídeo mostra vendedor momentos antes de ser atingido por botijão em Copacabana, no Rio Com relâmpagos, temporal escurece pontos de SP e deixa capital em estado de atenção Polícia Militar de SC faz resgate de alpinistas presos em cânion

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Agroindústria

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE