Notícias

Notícias

Fechar
PUBLICIDADE

Notícias

Imagem original de Nossa Senhora de Nazaré desce do Glória, na Basílica Santuário

A imagem original é aquela encontrada por Plácido de Souza, em 1700. Ela é mantida em uma redoma de cristal, no alto da Basílica Santuário.

 

A imagem original de Nossa Senhora de Nazaré, encontrada pelo caboclo Plácido de Souza, em 1700, foi retirada do Glória no final da manhã, às 11h40, deste sábado (10). A cerimônia contou com a presença apenas da imprensa, diretores da festa e guardas da Santa.

Acompanhe a cobertura feita pelo G1

A imagem peregrina passou pela mão de cinco diretores da festa até chegar à mão do arcebispo Dom Alberto Taveira. Pela primeira vez desde 1966, quando começaram as cerimônias de descida do Glória, devotos não puderam participar do momento devido medidas de prevenção ao coronavírus.

A imagem feita de madeira possui 28 centímetros e fica em uma redoma de cristal, no topo do altar da Basílica Santuário de Nazaré. A imagem com o manto oficial do Círio 2020 deve permanecer em um nicho no presbitério durante os 15 dias, retornando ao Glória no Recírio.

A imagem original de Nossa Senhora só é retirada do Glória duas vezes por ano. Além do Círio, a cerimônia ocorre durante o aniversário de elevação da Basílica à Santuário, nos mês de maio. A data foi outorgada pelo então Arcebispo de Belém, Dom Orani João Tempesta, em 2006. Antes disso, a Imagem só ficava perto dos romeiros durante a festividade nazarena. O objetivo é estimular o fluxo de romeiros e peregrinos ao templo mariano.

Imagem peregrina desce do Glória — Foto: Tarso Sarraf

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Notícias

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE