Agroindústria

Agroindústria

Fechar
PUBLICIDADE

Agroindústria

Praia no Chipre reabre após 46 anos fechada; local se tornou símbolo da divisão do país

Autoridades separatistas pró-Turquia que controlam o norte do Chipre coordenam reabertura. Governo cipriota internacionalmente reconhecido, porém, protestou.

 

Autoridades pró-Turquia no Chipre reabriram parcialmente nesta quinta-feira (8) a praia de Varosha, que estava fechada desde 1974. Naquele ano, os turcos invadiram a ilha em um confronto com tropas pró-Grécia que causou a divisão do país, localizado no leste do Mediterrâneo.

Desde então, parte da ilha — o Chipre do Norte — é controlada por turco-cipriotas e é reconhecida pelo governo da Turquia como país independente. O restante da comunidade internacional, no entanto, reconhece apenas a República do Chipre, com maioria de origem grega.

Varosha, no Chipre, estava abandonada há 46 anos após confronto entre turcos e gregos — Foto: Birol Bebek/AFP

A praia de Varosha, há 46 anos ocupada por prédios e procurada por turistas, tornou-se um símbolo dessa divisão. O local fica perto de uma zona de barreira, na fronteira entre o norte e o sul.

Por isso, a decisão do Chipre do Norte com apoio da Turquia em reabrir Varosha foi recebida com protestos pelos gregos-cipriotas, que alegam terem sido expulsos da praia em 1974.

Centenas de pessoas entraram em Varosha nesta quinta-feira sob controle policial, perto da cidade portuária de Famagusta, enquanto soldados turcos limpavam a área, informaram jornalistas da agência France Presse.

Vários visitantes, entre eles turistas estrangeiros, filmaram com seus celulares todos os detalhes de uma paisagem em ruínas, alguns deles posando em frente aos prédios abandonados desde 1974.

Prédios abandonados em Varosha, no Chipre, aparecem com cordão de isolamento na reabertura desta quinta-feira (8) — Foto: Birol Bebek/AFP

Chipre do Norte

A medida foi vista como manobra para chamar atenção das eleições presidenciais do Chipre do Norte, marcadas para este fim de semana e que conta com apoio da Turquia. O próprio presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, comemorou a reabertura de Varosha.

Na eleição, o primeiro-ministro do Chipre do Norte, Ersin Tatar, — não reconhecido pela comunidade internacional — enfrenta o atual presidente Mustafa Akinci. Tatar tem relações melhores com Erdogan do que Akinci, que faz oposição ao atual governo turco.

Veja mais vídeos de notícias internacionais

20 vídeos Programa Mundial de Alimentos da ONU ganha Nobel da paz Conheça o Programa Mundial de Alimentos, vencedor do Nobel da Paz 2020 Porta-voz do Programa Mundial de Alimentos descobre o resultado do Nobel da Paz em reunião

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Agroindústria

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE