Variedades

Variedades

Fechar
PUBLICIDADE

Variedades

'''Romance desapegado''', do Conde do Forró, bate 30 milhões no YouTube com carisma de Japinha

Forró romântico contou com vídeo descontraído da vocalista, potencial de meme e sofrência para emplacar. Após sucesso, música foi regravada por Marcia Fellipe e está na mira de Safadão.

 

Uma letra que pega fundo no coração dos solteiros e tem potencial de meme, um sub gênero chamado de "forró romântico de favela" e um vídeo inusitado regado a corote ajudaram a Conde do Forró a ter o maior sucesso no Brasil hoje.

Foi com essa fórmula que a veterana banda alagoana levou "Romance Desapegado" a uma marca impressionante: mais de 30 milhões de visualizações no YouTube em menos de um mês.

A música também está entre as 50 virais do mundo e no top 10 do Brasil no Spotify. No Youtube, o desapego do Conde do Forró chegou à primeira posição no ranking musical.

A performance ajudou a alavancar a popularidade do outro lançamento da banda. "Saudade de mim" já soma 8,7 milhões de visualizações e está entre as músicas em alta da plataforma.

'Romance desapegado', do Conde do Forró, revela a vocalista Japinha

'Romance desapegado', do Conde do Forró, revela a vocalista Japinha

“É muito casal fingindo que se ama e muito solteiro apaixonado”.

O refrão cantado pela vocalista Japinha virou citação sensação nas redes socais. A música foi regravada por Márcia Fellipe e Ellen Nery. Além disso, há versões na voz de Weslley Safadão circulando pelo Youtube.

A cantora tem grande mérito pela viralização. Antes de gravar em um cenário bonito e por a música para rodar, ela publicou um vídeo sentada em um banco de praça, com um corote na mão e um recado para o ex-namorado:

"Fala, rapaziada, tô aqui com meu Corote. Passou um gari agora há pouco e eu lembrei do meu ex que dizia que eu era um lixo. Incrível que o gari não me reciclou, sinal que eu sou gente fina pra..."

Foi assim que a Japinha apresentou "Romance desapegado", seu primeiro grande single à frente da banda Conde do Forró. Ao G1, ela contou como teve a ideia do vídeo, como tem sido a adaptação no novo trabalho e os planos com a banda.

Japonesa, carioca e forrozeira

Nascida no Rio de Janeiro, Lorraine Silva, de 19 anos, começou a fazer trabalhos como modelo aos 10. Cinco anos depois, finalmente conseguiu convencer a mãe de que aquilo não era o que ela queria.

"No fundo, eu já sabia que era a música que queria seguir. Foi complicado convencer minha mãe que eu queria ser cantora com 15 anos", conta ela.

Japinha gostava de forró "desde criancinha", como ela diz. Quando começou a cantar, passou por duas bandas do estilo na cidade, mas as passagens "não deram certo".

Ela tinha acabado de ser reprovada para um outro teste quando recebeu o convite do Conde do Forró para substituir a vocalista anterior, Jarly Almeida.

Sobre o vídeo que viralizou, ela diz que foi sem querer: "A gente tinha acabado de gravar, eu estava cansada e falei 'quer saber, vou beber para relaxar um pouco'. O gari passou, lembrei do meu ex e comecei a falar umas coisas nada a ver. Bêbada, a gente fala mesmo. Pedi para o dono da banda me gravar e fui viajando."

Japinha gosta de cantar e escrever sobre sofrência. Por conta da banda, se mudou sozinha para Alagoas. Conde do Forró surgiu em 2013 em Maceió e seu público cativo está concentrado no Nordeste.

Além de gravar, está se preparando para shows. Segundo a cantora, os convites não param de chegar. Eles passaram de 15 shows mensais, antes da pandemia, para 25 a 30 no mês, agendados a partir de novembro. "Estou ansiosa demais para os primeiros shows. O telefone não para, é muita ligação para fechar show. Tá fluindo."

Quem é essa mulher?

Junior Vidal, executivo do Sua Música, site referência para entender os novos sucessos, diz que o estouro de "Romance desapegado" e a estreia de Japinha também despertaram curiosidade no ramo do forró.

"Já foi bacana o fato de ser uma cantora de forró com traços orientais, isso já chamava a atenção. Contando também que ela é muito talentosa."

"Ela gravou o projeto, uma espécia de DVD mais intimista, algo com produção reduzida. Antes de lançar oficialmente, começou a fechar parcerias com páginas de Instagram do segmento musical, e essas páginas começaram a publicar vídeos dela", explica Vidal ao G1.

20 vídeos O que é a pansexualidade, orientação de Gianecchini e outros famosos Semana Pop #100: Relembre as obras mais comentadas de Romero Britto Semana Pop #99: 'Fall Guys' faz sucesso com gincanas no estilo 'Olimpíadas do Faustão

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Variedades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE