Variedades

Variedades

Fechar
PUBLICIDADE

Variedades

'''BTS Universe Story''' dá a jogador possibilidade de criar própria fanfic com grupo de K-pop; G1 jogou

Fãs podem escolher histórias de ação, romance ou terror com seus personagens preferidos. Novo jogo do grupo chega aos celulares em 24 de setembro.

 

Pouco mais de um ano após o lançamento do "BTS World", a banda de K-pop ganha um novo game: "BTS Universe Story", disponível para download a partir de 24 de setembro.

O jogo é do estilo mundo aberto, com muita interatividade disponível: é o fã quem cria os cenários e as narrativas que irá viver. O jogo é mais uma parceria da BigHit, produtora do BTS, com a Netmarble, desenvolvedora sul-coreana de jogos para celular.

Trailer de 'BTS Universe Story

Trailer de 'BTS Universe Story'

Há duas opções para o jogador: criar suas próprias histórias ou jogar enredos já criados, mas com a possibilidade de personalizar seu desenvolvimento.

Na primeira, o jogador constrói sua jornada do zero. Essa modalidade exige mais tempo e paciência: cabe a ele escolher os cenários, as roupas, escrever os diálogos e as interações entre os personagens e os desafios que eles vão enfrentar.

Como as histórias são compostas por cerca de dez capítulos, o criador levará um tempo considerável montando sua própria missão. O jogador que optar por esse modo ficará com o trabalho duro, enquanto outras pessoas poderão aproveitar sua criação.

Com a história criada, o autor pode compartilhá-la com amigos ou outros jogadores. Quanto mais popularidade ela ganha, mais famoso ele se torna no universo e pode ser recompensado de acordo com a interatividade que receber.

'BTS Universe story' permite interatividade — Foto: Divulgação/Netmarble

Um pouco lento e confuso

Já o segundo modo tem um estilo que lembra o de uma fanfic interativa, histórias criadas por fãs com seus artistas ou personagens favoritos e muito popular com bandas e músicos.

O fã tem que selecionar se quer jogar com todos os integrantes ou escolher apenas um para contar a história: Namjoon, Seokjin, Yoongi, Hoseok, Jimin, Taehyung ou Jungkook;

Depois, ele tem acesso a uma série de histórias recomendadas. Em uma das que já estão disponíveis, os meninos trabalham juntos em uma estação espacial e enfrentam problemas com o sistema de inteligência artificial. Em outra, o protagonista precisa salvar uma comunidade após um desastre natural.

O jogo oferece gêneros variados, como drama, romance, ficção científica, ação e investigação, e as histórias não precisam estar ligadas à música. Elas são divididas por capítulos, que funcionam como fases: só podem ser jogados em ordem.

Apesar de ser mais direta que o modo de criação, essa opção é um pouco lenta e confusa, com cenas e ações curtas demais que fazem a história demorar a se desenvolver.

Além disso, algumas interações oferecidas para o jogador não têm influência no destino do jogo, o que pode cansar e frustrar.

Eu já vi esse jogo?

Conheça o game ‘BTS World’

Conheça o game ‘BTS World’

Algumas ações do "BTS Universe Story" lembram o "BTS World", lançado no ano passado. Também nele, os jogadores deviam tomar decisões simples sobre a trajetórias dos cantores. Mas, naquele jogo todo mundo tinha a mesma missão: levar os jovens estreantes ao estrelato.

As escolhas da Netmarble para os jogos de BTS levam em conta a amplitude dos fãs do grupo: tem armys (como são chamados os fãs do BTS) muitos pequenos, adolescentes, jovens e adultos. Por isso, é preciso que os games sejam relativamente fáceis e bem amplos, explicou o presidente da Netmarble US, Simon Sim, ao G1 na época do lançamento do "BTS World".

O jogo tem tradução para diversos idiomas - inclusive português do Brasil. O número de fãs do grupo é grande no país, que se tornou o principal mercado para produtos e divulgação do grupo na América do Sul.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Variedades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE