Agroindústria

Agroindústria

Fechar
PUBLICIDADE

Agroindústria

Papa aceita renúncia de bispo americano acusado de pedofilia

O monsenhor Michel Mulloy tinha sido nomeado bispo de Duluth, no estado de Minnesota, em junho. O prelado de 66 anos assumiria as novas funções no dia 1º de outubro. Porém, por causa de uma denúncia sobre abusos que teriam acontecido no começo dos an

 

O papa Francisco aceitou, nesta segunda-feira (7), a renúncia de um bispo dos Estados Unidos que foi acusado de pedofilia.

O monsenhor Michel Mulloy tinha sido nomeado bispo de Duluth, no estado de Minnesota, em junho. O prelado de 66 anos assumiria as novas funções no dia 1º de outubro.

Começa no Vaticano encontro histórico sobre pedofilia na Igreja Católica

Começa no Vaticano encontro histórico sobre pedofilia na Igreja Católica

Antes disso, no entanto, ele foi notificado de que foi denunciado por abusos sexuais no início dos anos 1980 quando ele estava na diocese de Rapid City, no estado de Dakota do Sul.

A diocese de Dakota do Sul, então, informou a polícia e pediu ao prelado para que ele deixasse de exercer suas funções. Seus membros concluíram que "a acusação atendeu aos critérios da lei canônica para dar prosseguimento à investigação".

Mulloy foi notificado das acusações e apresentou sua renúncia, acrescentou o comunicado.

"O Santo Padre aceitou a renúncia apresentada pelo bispo de Duluth, monsenhor Michel Mulloy", anunciou a Santa Sé, sem dar qualquer explicação.

Um porta-voz da polícia de de Rapid City disse que não há investigação ativa sobre o bispo. A polícia em Duluth não respondeu aos pedidos de comentários.

Nas últimas duas décadas, a Igreja Católica Romana recebeu uma série de denúncias de casos de abuso sexual. Bilhões de dólares foram gastos em acordos extrajudiciais.

A Igreja dos EUA ainda está se recupera de uma revelação de um caso da Justiça do estado da Pensilvânia, onde padres abusaram de cerca de mil pessoas ao longo de sete décadas.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Agroindústria

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE