Variedades

Variedades

Fechar
PUBLICIDADE

Variedades

Ecad anuncia desconto em arrecadação de direitos autorais para setores de shows e eventos

Segundo instituição, iniciativa visa contribuir com a retomada do mercado de shows, área abalada pela pandemia .

 

O Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad) anunciou que fará um desconto nas cobranças de direitos autorais para os setores de shows e eventos.

O desconto será temporário – até o final de 2021 – e visa "contribuir com a retomada do mercado de shows, área abalada pela pandemia", conforme anunciou a instituição em comunicado.

"Desde março deste ano, o Ecad constatou a suspensão de mais de 6 mil eventos mensais. Este número é um indício da queda dos rendimentos em toda a indústria do entretenimento", informou o Ecad.

A decisão começa a valer neste mês de agosto e, segundo comunicado, atende apenas os clientes que estiverem em dia com o pagamento de direitos autorais.

Segundo os critérios definidos pela gestão coletiva da música no Brasil, ficou definido que:

  • Será concedido um desconto de 50% nos licenciamentos que considerem os percentuais sobre a receita bruta ou custo musical, passando de 10% para 5% (música ao vivo) e de 15% para 7,5% (música mecânica);
  • Os shows e eventos em caráter beneficente recebem mais 30% de desconto, passando de 5% para 3,5% (música ao vivo) e de 7,5% para 5,25% (música mecânica);
  • No caso de shows de caráter religioso e ingresso com direito a bufê e/ou open bar e para os promotores que disponibilizarem acesso on-line ao borderô de bilheteria via “ticketeira”, oferecemos uma redução extra de 15%

Leia também: A conta chegou: Ecad e editoras cobram taxas de direito autoral em lives e irritam produtores

Semana Pop mostra os momentos em lives que saíram do controle

Semana Pop mostra os momentos em lives que saíram do controle

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Variedades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE