Notícias

Notícias

Fechar
PUBLICIDADE

Notícias

Homem que foi preso após esfaquear o irmão é transferido de Rurópolis para presídio de Itaituba

A Justiça decretou a prisão preventiva de Lindoneis Aparecido Maximio e imediata transferência do suspeito ao presídio de Itaituba.

 

Um homem de 39 anos que foi preso em flagrante, após ferir a golpes de faca o irmão, durante uma discussão familiar, foi transferido da Unidade Integrada Pro Paz de Rurópolis, no sudoeste do Pará, para o presídio do Centro de Recuperação Regional de Itaituba (CCRI), por determinação judicial, na manhã deste sábado (1º).

De acordo com o polícia, a prisão ocorreu na quarta-feira (29) por policiais militares na comunidade Flor-da-Selva (Petezinho) após atentar contra a vida do irmão e ameaçar familiares.

Ainda conforme a polícia, Lindoneis já responde por crime de Homicídio ocorrido na cidade de Santarém, no oeste do Pará, no ano de 2015, quando várias pessoas foram esfaqueadas no cais e uma delas morreu.

A Justiça decretou a prisão preventiva de Lindoneis Aparecido Maximio e imediata transferência do suspeito ao presídio de Itaituba. Devendo a direção do CCRI informar, mediante análise psiquiátrica preliminar, se há condições de o investigado permanecer custodiado na unidade prisional e possível instauração de incidente de insanidade mental.

O crime

Lindoneis Aparecido Maximio, de 39 anos — Foto: Polícia Civil/Divulgação

De acordo com o delegado Ariosnaldo Filho, no momento da discussão Lindoneis queria ingerir bebida alcoólica em um bar de uma pessoa da família, mas o dono do estabelecimento se negou a servi-lo, alegando que ele sofre de problemas graves de saúde. Lindoneis ficou irritado, foi até a casa da mãe, localizada ao lado do bar, e começou a discussão. Depois, encheu um copo de álcool em gel e ameaçou ingerir, caso não lhe dessem bebida, momento em que Leomar interveio na discussão, os dois brigaram e ele acabou sendo esfaqueado pelas costas.

O dono do bar, tio dos dois homens, foi chamado e com a ajuda de outras pessoas conseguiu conter Lindoneis usando uma corda até a chegada dos policiais militares, que deram voz de prisão. A faca utilizada no crime não foi encontrada.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Notícias

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE