Agroindústria

Agroindústria

Fechar
PUBLICIDADE

Agroindústria

O deserto que virou cemitério: pandemia de covid-19 desespera famílias no Iraque

No país já castigado por guerras, doença transformou soldados paramilitares que lutavam contra extremistas em coveiros.

 

A pandemia do novo coronavírus tem provocado desespero no Iraque, um país já castigado por uma série de guerras.

"Eu infectei minha mãe, meu pai, meus irmão e irmãs", diz o funcionário de um hospital do país a colegas, que tentam contê-lo.

"Eu matei minha mãe com minhas próprias mãos. Minha mãe estava saudável em casa, e eu trouxe o vírus até ela. Tudo porque eu trabalho no hospital", conclui, aos prantos.

O deserto iraquiano está se transformando em um enorme cemitério, onde já foram enterradas 3 mil vítimas da covid-19.

Assista ao vídeo.

Os voluntários que fazem os enterros são da Força de Mobilização Popular do Iraque, grupo paramilitar formado para combater os extremistas do autointitulado Estado Islâmico.

Mas agora têm um novo inimigo invisível, e trocaram suas armas por máscaras e desinfetante.

CORONAVÍRUS

  • VÍDEOS: Coronavírus: perguntas e respostas

  • VACINA: testes estão em andamento pelo mundo; SIGA as novidades

  • Manual das máscaras: como fazer, como usar e a importância do uso

  • Como se prevenir do coronavírus?

  • Coronavírus, Covid-19, Sars-Cov-2 e mais: confira os termos da pandemia

  • Saiba quais os sintomas do coronavírus e quando procurar um médico

  • Veja quais são os grupos mais vulneráveis ao coronavírus e por quê

  • Veja o que é #FATO ou #FAKE sobre o coronavírus

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Agroindústria

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE