Agroindústria

Agroindústria

Fechar
PUBLICIDADE

Agroindústria

Kim Jong-un, da Coreia do Norte, diz que não haverá mais guerra graças ao armamento nuclear

Em um discurso para veteranos da Guerra da Coreia, Kim Jong-un disse que o programa nuclear do país garantirá o futuro do país.

 

Kim Jong-un, o líder da Coreia do Norte, disse que não haverá mais guerra já que as armas nucleares do país garantem a segurança e o futuro, apesar da pressão constante e das ameaças militares, informou a mídia estatal na terça-feira (28).

Kim Jong-un reaparece após quase três semanas, diz imprensa da Coreia do Norte

Kim Jong-un reaparece após quase três semanas, diz imprensa da Coreia do Norte

Ele fez esses comentários durante a comemoração do aniversário de 67 anos do fim da Guerra da Coreia, que aconteceu entre 1950 e 1953. Kim fez um evento para os veteranos do conflito, de acordo com a agência KCNA.

O país desenvolveu armas nucleares para ganhar "força absoluta" para evitar outro conflito armado, ele afirmou em um discurso divulgado pela KCNA. Ele enfatizou a natureza defensiva do programa nuclear.

"Agora, somos capazes de nos defender frente a qualquer forma de pressão de alta intensidade e ameaças militares de imperialistas e forças hostis. Graças ao nosso dispositivo nuclear confiável e efetivo de autodefesa, não haverá mais guerra, e a segurança e futuro do nosso país estará firmemente garantida para sempre."

Há conversas para que a Coreia do Norte desmonte seus programas nuclear e de mísseis em troca do fim das sanções econômicas impostas pelos Estados Unidos.

Kim e o presidente dos EUA, Donald Trump, se encontraram pela primeira vez em 2018 em Cingapura. A ocasião aumentou as esperanças de um fim negociado das ameaças nucleares da Coréia do Norte. Mas a segunda cúpula, em 2019 no Vietnã, e as reuniões subsequentes em nível de trabalho não se concretizaram.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Agroindústria

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE