Notícias

Notícias

Fechar
PUBLICIDADE

Notícias

Sete pontos de venda de açaí são intimados pela Vigilância Sanitária no bairro do Jurunas, em Belém

Fiscais encontraram utensílios sujos, bancos de madeira e ausência do maquinário necessário para o preparo e branqueamento do açaí.

 

Sete estabelecimentos de venda de açaí foram intimados pela Vigilância Sanitária no bairro do Jurunas, em Belém. A ação foi realizada por fiscais da Vigilância Sanitária (Devisa), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Saúde (Sesma). Dos pontos vistoriados, seis receberam um termo de intimação para cumprir, com urgência, as exigências determinadas, principalmente por condições precárias de estrutura e higiene, e um foi interditado totalmente.

Durante a fiscalização, realizada na sexta-feira (24), os fiscais encontraram utensílios sujos, bancos de madeira e ausência do maquinário necessário para o preparo e branqueamento do açaí, previsto por lei. Os donos dos estabelecimentos foram orientados sobre as normas higiênico-sanitárias, de acordo com o Decreto Estadual, número 326/2012, e terão o prazo de uma semana para regularizarem as pendências notificadas, caso não cumpram as medidas, terão seus pontos interditados totalmente por até 60 dias.

Um dos pontos notificados foi o "Açaí do Zeca", que funciona há cerca de um ano no bairro do Jurunas. O proprietário José Martins entende a importância da fiscalização e afirma que vai cumprir com as exigências notificadas. "A iniciativa é boa e sei que é importante, já trabalhei em alguns lugares e tenho as noções de higiene, mas muitos batedores de açaí do Jurunas têm essa dificuldade financeira. Mas vamos tentar regularizar tudo que nos pediram", disse.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Notícias

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE