Agroindústria

Agroindústria

Fechar
PUBLICIDADE

Agroindústria

Mais de 60 são mortos em ataque na região sudanesa de Darfur

Cerca de 500 homens armados atacaram a cidade de Masteri, segundo a ONU, e várias casas foram saqueadas e queimadas, assim como metade do mercado local. Primeiro-ministro Abdullah Hamdok disse que enviaria forças de segurança para a região.

 

Mais de 60 pessoas foram mortas e outras 60 feridas em um novo ataque de homens armados em um povoado na região sudanesa do oeste de Darfur, anunciou a ONU neste domingo (26).

"Este é o mais recente de uma série de incidentes ocorridos na semana passada e que deixaram várias cidades e casas incendiadas, além de danificar mercados e lojas" neste estado, afirmou o comunicado do Escritório de Coordenação de Assuntos Humanitários da ONU (OCHA) em Cartum.

Segundo a ONU, cerca de 500 homens armados atacaram a cidade de Masteri, a 48 quilômetros da capital da província de Geneina, no sábado, matando mais de 60 pessoas, a maioria da comunidade Masalit, e ferindo outras 60.

Várias casas no norte, sul e leste da cidade foram saqueadas e queimadas, assim como metade do mercado local.

Esses assassinatos foram recentemente direcionados contra agricultores de tribos africanas que estão em conflito com as tribos nômades árabes nessas terras.

O primeiro-ministro sudanês Abdullah Hamdok disse no domingo que enviaria forças de segurança para a região para "proteger os cidadãos e a estação agrícola".

Seu anúncio ocorre dois dias depois que homens armados também mataram 20 civis, incluindo crianças, no sul de Darfur, quando eles voltaram para suas terras pela primeira vez em anos.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Agroindústria

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE