Notícias

Notícias

Fechar
PUBLICIDADE

Notícias

Faro sobe para 60,6% no índice de isolamento social e segue em 1º lugar entre as cidades paraenses

Município de Terra Santa ficou com um dos menores índices de distanciamento na sexta-feira 24 , segundo a Segup.

 

Na sexta feira (24) o município de Faro, no oeste do Pará, continuou na primeira posição no ranking que mede o índice do isolamento social no estado. De acordo com os dados que foram divulgados no sábado (25), pela Secretaria Estadual de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), por meio da Secretaria Adjunta de Inteligência e Análise Criminal (Siac), a cidade alcançou 60,6%.

A cidade estava na quinta-feira (23) com 58,8% no índice e a população continuou aderindo ainda mais ao e isolamento social. De acordo a última atualização da Segup, o Pará esteve no 18° lugar no ranking brasileiro com a taxa de 37,61% de pessoas se mantendo em casa para evitar a proliferação do novo coronavírus.

O secretário Segup, Ualame Machado, lembra que apesar das flexibilizações e a estabilidade dos números de infectados e novas mortes, pandemia ainda não acabou e que é preciso manter os cuidados.

"Vivemos o verão amazônico e é de se esperar que um grande número de pessoas busquem pelos balneários do Estado. É o verão amazônico e atípico, pois ainda estamos vivendo uma pandemia. O ideal é ficar em casa, mas quem optar sair, que cumpra o que é recomendado pelos organismos de saúde e o que estabelece cada prefeitura", pontuou Ualame Machado.

De acordo com o levantamento, ao analisar as cidades paraenses, além de Faro (60,6%), as cidade de Chaves (59,3%) e Magalhães Barata (59,3%) também tiveram os melhores índices. Já as cidades que mais desobedeceram à recomendação de ficar em casa, registrando um baixo índice de isolamento, foram São Caetano de Odivelas (26,7%), Sapucaia (30%) e Terra-Santa (30,02).

Na capital paraense e em Ananindeua, foram registrados, respectivamente, os índices de 38,2% e 37,7%.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Notícias

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE