Notícias

Notícias

Fechar
PUBLICIDADE

Notícias

Prefeito de Belém anuncia a reabertura dos terminal rodoviário

Após divergir de decreto estadual que estabeleceu o funcionamento dos terminais da capital há semanas, na noite desta sexta, 3, Zenaldo Coutinho anunciou a reabertura.

 

A partir deste sábado (4), o terminal rodoviário da capital volta a funcionar. A decisão permite a circulação do transporte intermunicipal e interestadual. A informação foi divulgada na noite desta sexta-feira (4), pelas redes sociais do prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho. O terminal hidroviário funcionava desde o dia 19 de junho.

A reabertura ocorre semanas depois de Zenaldo divergir do decreto estadual que que estabeleceu o funcionamento dos terminais da capital. Em um primeiro momento, Zenaldo se queixou publicamente de que não foi consultado pelo governo do Pará a respeito da reabertura. O prefeito alegou que não iria reabrir terminais porque seria inseguro na pandemia, e que iria manter suspensa as viagens para evitar a propagação do novo coronavírus. Até então, as viagens estavam sendo feitas via o terminal rodoviário de Ananindeua, que enfrentou intenso movimento e aglomeração nesta sexta (3).

Com viagem, mas sem balneários

A decisão de reabrir os terminais de Belém ocorre na véspera do primeiro final de semana do verão de julho. No entanto, continua em vigor o decreto municipal que proíbe a reabertura de bares, praias e balneários de distritos de Belém. Nesta sexta-feira (4), os restaurantes conseguiram, na Justiça, autorização para reabrir no distrito de Mosqueiro.

Outeiro, Icoaraci, Cotijuba e Mosqueiro serão alvo de fiscalização de mais de 200 guardas municipais irão compor o efetivo até 31 de julho. A ação faz parte das estratégias da Prefeitura de Belém, através da Guarda Municipal, para intensificar as ações de segurança e fiscalização no combate à Covid-19.

A operação terá o apoio dos guardas do grupamento tático, além de 15 viaturas e 40 motocicletas. De acordo com o comandante da Guarda Municipal de Belém (GMB), Guilherme Freitas, o reforço é necessário devido ao período de alta temporada de verão na região, e também para reforçar a fiscalização de combate à pandemia. “Distritos e ilhas serão reforçados como todos os anos, com policiamento ostensivo e preventivo”, enfatizou.

O esquema de segurança prevê ações de segurança com rondas, barreiras educativas, blitz, abordagens, saturação, ações de prevenção e fiscalização para o cumprimento das medidas do decreto municipal. “Além da segurança que a corporação já realiza todos os anos, durante o período de férias, nossos agentes irão fiscalizar o cumprimento do decreto que proíbe, por conta do novo coronavírus, a abertura de restaurantes à beira de praia, o acesso às praias, o uso obrigatório de máscaras e o distanciamento entre as pessoas para evitar aglomeração”, explica Antônio Carlos Tavares, inspetor da Divisão de Operações da GMB.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Notícias

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE