Notícias

Notícias

Fechar
PUBLICIDADE

Notícias

Barracas de comida do Ver-o-Peso têm pontos de aglomeração após reabertura decretada pela Prefeitura

Apesar das ações de fiscalização, muitas normas de distanciamento foram desrespeitadas. A partir desta quarta 1º , restaurantes da capital, com exceção das ilhas, puderam abrir.

 

O primeiro dia após a reabertura dos restaurantes em Belém foi marcado por alguns pontos de aglomeração em pontos da cidade. Apesar das ações de fiscalização realizadas pela Prefeitura de Belém nesta quarta-feira (1º), muitas normas de distanciamento foram desrespeitadas no mercado do Ver-o-Peso. O reabertura dos restaurantes marcou a retomada do setor de refeições, tradicional na feira.

Após determinação da Prefeitura de Belém, restaurantes da capital, com exceção das ilhas, puderam abrir nesta quarta (1º). Com o decreto, estão permitidos restaurantes, lanchonetes e estabelecimentos similares, incluindo praças de alimentação de shopping centers e boeiras.

Segundo com dados da Secretaria de Saúde do Pará (Sespa), a liberação dos restaurantes ocorre quando a cidade alcança quase 19.500 casos e pouco mais de 1900 mortes de Covid-19.

De acordo com o decreto municipal, todos os estabelecimentos devem obedecer a um protocolo sanitário, determinado pela Secretaria Municipal de Saúde e Vigilância Sanitária, como medida de segurança para trabalhadores e clientes diante do novo coronavírus. No entanto, o que se viu no primeiro dia no mercado do Ver-o-Peso foram vários pontos de aglomeração espalhados pela feira.

A Prefeitura determinou que todos os feirantes devem oferecer álcool em gel para os clientes. Além disso, todas as pessoas do recinto devem manter distanciamento social de no mínimo 1,5 m. No caso das barracas que possuem mesas, só serão permitidas no máximo quatro por box. O uso de máscaras no local também é obrigatório.

Porém, muitas barracas desrespeitaram as determinações da Prefeitura. Vários lugares são respeitaram o distanciamento de 1,5 m por pessoas e vários clientes foram flagrados sem máscara.

Agentes da Prefeitura de Belém estiveram no local e realizaram fiscalizações para garantir o cumprimento do decreto. Uma barraca chegou a ser fechada por estar funcionando como bar. O decreto municipal ainda não prevê a abertura de bares na capital.

Retorno da Estação das Docas

Estação das Docas Belém Pará — Foto: Fábio Costa/ Agência Pará

A Estação das Docas também reabriu ao público nesta quarta-feira (1º). O espaço, que estava fechado desde o dia 20 de março por causa da pandemia, abrirá todos os dias de 11h às 23h, exceto restaurantes, que funcionarão de 11h às 15h e de 19h às 23h. Os eventos e projetos culturais continuarão suspensos.

Segundo a administração da Estação das Docas, o acesso será condicionado ao uso obrigatório de máscara de proteção. Lojas e restaurantes estarão com restrição de capacidade de público e devem respeitar o distanciamento social.

Além disso, foi instalado um novo acesso à pedestres na Estação. Além do tradicional, que fica próximo a escadinha do cais do porto, outro acesso foi aberto na lateral do espaço. Quem no local precisa passar pela aferição de temperatura. A entrada que fica próxima ao mercado do Ver-o-Peso foi fechada para pedestres temporariamente.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Notícias

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE