Notícias

Notícias

Fechar
PUBLICIDADE

Notícias

Prefeito de Belém anuncia que academias poderão abrir a partir de 6 de julho

Zenaldo Coutinho disse que ''espera que com as liberações seja possível manter contida a pandemia de novo coronavírus''. A cidade tem metade dos leitos de UTI ocupados, segundo ele.

 

O prefeito de Belém Zenaldo Coutinho (PSDB) anunciou nesta quinta (25) que as academias da cidade poderão abrir a partir do dia 6 de julho. A decisão ocorreu após reunião com representantes das academias, que terão que manter protocolos de distanciamento social e ocupação de apenas 50% dos espaços internos.

Coutinho disse que "espera que com essas liberações, seja possível manter contida a pandemia de novo coronavírus", mesmo sem comprovar que a retomada atende critérios da Organização Mundial da Saúde (OMS), são eles:

  1. a transmissão da Covid-19 deve estar controlada;
  2. o sistema de saúde deve ser capaz de detectar, testar, isolar e tratar todos os casos, além de traçar todos os contatos;
  3. os riscos de surtos devem estar minimizados em condições especiais, como instalações de saúde e casas de repouso;
  4. medidas preventivas devem ser adotadas em locais de trabalho, escolas e outros lugares aonde seja essencial as pessoas irem;
  5. os riscos de importação devem ser administrados;
  6. as comunidades devem estar completamente educadas, engajadas e empoderadas para se ajustarem à nova norma.

O G1 questionou quais dos critérios já foram alcançados no município e aguarda resposta.

Belém registra 18.386 casos e 1.872 mortes de Covid-19, sendo que teve 22 novos infectados e 1 morte na última quarta, segundo dados da Secretaria de Saúde Pública do Pará (Sespa).

A cidade teve aumento de ocupação de leitos no último dia 23 de junho, quando registrou 75% dos leitos de Covid-19 ocupados. Mas, segundo o prefeito, Belém teve uma queda saindo de 60,7% na quarta (24) para 50% dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) ocupados nesta quinta (25).

Restaurantes

Um decreto da prefeitura já libera a abertura de restaurantes a partir do dia 1º de julho, com restrições e medidas de prevenção à Covid-19.

Segundo Coutinho, a Secretaria Municipal de Saúde (Sesma) orientou que apenas os restaurantes nos bairros de Belém fossem liberados, excluindo os localizados nas praias dos distritos do município. Já os bares ainda não têm previsão para ter liberação.

Os estabelecimentos devem funcionar somente com 40% da ocupação e servindo apenas pratos à la carte ou prato feito. Estão permitidos restaurantes de shoppings, feiras, clubes e de rua. "Todos com protocolos de distanciamento social, obrigatoriedade de máscaras e uso álcool em gel", disse Zenaldo.

Zenaldo não falou sobre restrições quanto a ambientes fechados, o que representa riscos de contágio, segundo os órgãos nacionais e internacionais de saúde. "Poderão funcionar com ar condicionado, janelas abertas, com ventilação natural, utilizando calçadas. (...) portanto estamos em uma primeira fase de liberação dos restaurantes".

Em relação aos restaurantes ao ar livre dos balneários, como Mosqueiro e Outeiro, Coutinho afirmou que a equipe de epidemiologia alertou para as grandes aglomerações que podem ocorrer nas praias, que ainda não foram liberadas e ainda estão em processo de análise pela equipe de saúde.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Notícias

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE