Notícias

Notícias

Fechar
PUBLICIDADE

Notícias

Acampamentos usados para derrubada ilegal de floresta são destruídos em Novo Progresso, no PA

A fiscalização faz parte das ações pela Força Estadual de Combate ao Desmatamento.

 

Dois acampamentos foram destruídos na Operação Amazônia Viva em Novo Progresso, região sudoeste do Pará, nesta terça-feira (23), que davam suporte à derrubada ilegal de floresta. A fiscalização faz parte das ações pela Força Estadual de Combate ao Desmatamento.

Segundo o fiscal Elves Barreto, da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), foram constatadas três áreas desmatadas. "O terreno ia ser utilizado para criação de pasto. A equipe ouviu o barulho de motosserras, mas quando nos aproximamos os desmatadores fugiram do local".

A Semas informou que a fiscalização percorreu 220 km, sendo que na região de Novo Progresso foram embargados 1.375 hectares desmatados ilegalmente.

A Operação Amazônia Viva foi deflagrada neste mês de junho nos municípios de Uruará, Medicilândia, Brasil Novo, Placas, Itaituba, Trairão, Novo Progresso, Altamira (no distrito de Castelo dos Sonhos) e São Félix do Xingu.

A ação foi instituída pelo decreto estadual 551/2020, de 17 de fevereiro, sob coordenação da Semas, com apoio da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar, Defesa Civil, Centro de Perícias Científicas "Renato Chaves" e Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-bio).

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Notícias

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE