Notícias

Notícias

Fechar
PUBLICIDADE

Notícias

Bebê sequestrado da Santa Casa passa bem e família espera alta médica para ir para casa

Casal foi preso suspeito de sequestrar recém-nascido de enfermaria da Santa Casa na madrugada de terça-feira 23 , em Belém.

 

Passa bem o pequeno Luiz Carlos Oliveira Rocha, que foi sequestrado na madrugada de terça-feira (23), um dia após ter nascido, no Hospital da Santa Casa, em Belém. Um casal foi preso ainda na manhã de terça suspeito do sequestro.

De acordo com a Polícia Militar, a criança estava em uma casa no distrito de Icoaraci, também na capital. A Polícia Civil investiga o caso.

De acordo com os pais da criança, o menino nasceu na tarde de segunda-feira (22) e estava na enfermaria junto com a mãe e uma tia. “A mãe do meu filho disse que o bebê estava bem, mamou o dia inteiro e ela acabou pegando no sono. Durante a madrugada, ela acordou e não viu mais o nosso filho”, conta.

A criança foi encontrada após uma denúncia anônima. Depois do susto, a família quer ir para casa, em Benevides, na Região Metropolitana de Belém, e aguarda a alta médica, prevista para esta quarta (24) ou quinta (25).

A avó do menino, Roseane Gomes, conta que a família queria buscar a Justiça no caso. "A gente queria entrar com a ação contra a Santa Casa, mas por ser uma ação do Estado contra o Estado é complexo, não temos dinheiro para advogado", disse.

Roseane disse ainda ao G1 que a família suspeita que uma quadrilha possa ter atuado na ação criminosa. "Meus outros dois netos também nasceram na Santa Casa, eu conheço como é o esquema de segurança. O acesso é restrito, tem horário determinado para entrada e saída", afirma.

"Soubemos que no mês passado a suspeita deu entrada na Santa Casa alegando dores de parto, mas após a avaliação foi constatado que era gravidez psicológica. Ai, depois disso, ela fez algumas publicações em que falava de bebês nas redes sociais. A pessoa que fez a denúncia acompanhou isso e achou tudo muito estranho e compartilhou em uma rede social em que primas da mãe da criança faziam parte e elas identificaram o bebê", explica ainda a avó.

Em nota, a Santa Casa informou que lamenta o ocorrido e que está dando todo o apoio para a família da criança.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Notícias

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE