Agroindústria

Agroindústria

Fechar
PUBLICIDADE

Agroindústria

Trump volta a citar Brasil como país em situação ruim na pandemia

Presidente americano citou o país durante evento em Tulsa, Oklahoma, que marcou a retomada de sua campanha para reeleição.

 

O presidente americano Donald Trump voltou a mencionar o Brasil como um país com uma situação ruim na pandemia de coronavírus.

“O que há de errado em ter de fechar [a economia]? Nós salvamos milhões de vidas. Sabe, muitas pessoas dizem que nós deveríamos ter adotado a imunidade de rebanho: 'Vamos adotar a imunidade de rebanho´. Perguntem como estão no Brasil. Ele [Jair Bolsonaro] é um grande amigo meu. Não está bom. Perguntem como estão na Suécia. Nós salvamos milhões de vida e agora é hora de abrir a economia, voltar a trabalhar, ok? Vamos voltar a trabalhar", disse Trump.

Imunidade de rebanho é uma estratégia que permite que boa parte da população pegue uma doença e fique imunizada, o que iria gerar menor contágio da doença.

  • Imunidade de rebanho 'não é a melhor estratégia' contra Covid-19, diz secretário

A declaração foi dada neste sábado (20), durante comício na cidade de Tulsa, Oklahoma. O evento marcou o retorno da campanha do atual presidente, que busca a reeleição no pleito de novembro.

  • Trump afirma que reduziu testes para esconder casos de Covid-19; Casa Branca diz que é brincadeira

No começo de junho, Trump já havia feito um comentário semelhante, quando disse que o Brasil estava em um "momento bem difícil".

No início da pandemia, o presidente americano minimizou a doença, mas teve uma mudança de tom, anunciando a suspensão de viagens da Europa e da China para os Estados Unidos.

Durante o comício deste sábado, Trump defendeu as medidas tomadas e o plano de fechar as fronteiras. "Salvei centenas de milhares de vidas, mas ninguém nunca elogia nosso trabalho", declarou.

Brasil registra 50 mil mortes

Até as 13h deste domingo, o Brasil já havia registrado mais de 50 mil mortes por Covid-19, segundo levantamento feito pelo consórcio de veículos de imprensa a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde.

Veja os dados atualizados às 13h deste domingo (21):

  • 50.182 mortos
  • 1.073.376 casos confirmados

A marca das 50 mil vítimas foi ultrapassada pouco mais de três meses depois da primeira morte, ocorrida na cidade de São Paulo. Desde então, a doença se alastrou pelo país e, atualmente, avança pelo interior.

O Brasil é o 2º país do mundo com mais casos e mortes por coronavírus, atrás apenas dos Estados Unidos, segundo um levantamento da Universidade Johns Hopkins.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Agroindústria

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE