Agroindústria

Agroindústria

Fechar
PUBLICIDADE

Agroindústria

Trump demite promotor federal que investigou aliados e se negava a deixar o cargo

Geoffrey Berman investigava pessoas próximas a Trump e havia se recusado a deixar o cargo. Anúncio da demissão foi feito neste sábado pelo secretário de Justiça dos EUA, William Barr.

 

O procurador federal Geoffrey Berman foi demitido a pedido do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. A demissão foi confirmada neste sábado (20) pelo secretário de Justiça dos EUA, William Barr.

Berman exercia a função de procurador federal em Manhattan, investigava pessoas próximas a Trump e havia se recusado a deixar o cargo. As informações são da Agência France Presse.

Berman disse que ficou sabendo da demissão pelo comunicado enviado pelo secretário de Justiça dos EUA, William Barr. Na sexta-feira (19), Barr havia dito que o procurador federal tinha renunciado ao cargo e chegou a anunciar o nome do substituto. Berman, porém, negou a intenção de renunciar.

"Como você disse que não tinha a intenção de renunciar, pedi ao presidente que o demitisse hoje, e ele o fez", escreveu o secretário de Justiça dos EUA.

Berman acompanhava, entre outros casos, uma investigação a Michael Cohen, ex-advogado pessoal de Trump.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Agroindústria

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE