Agricultura

Agricultura

Fechar
PUBLICIDADE

Agricultura

05 dicas para o correto tratamento de sementes de soja.

 
 -   /
/ /

De acordo com a publicação, das aproximadamente 77 milhões de toneladas destinadas a outros países, cerca de 66 milhões serão enviadas para o país asiático.

Vários motivos contribuem para esta ampla aceitação internacional, entre eles a elevada qualidade da produção brasileira, impulsionada pelo manejo correto do solo, escolha das sementes com base em rigorosos critérios e proteção dos cultivos.

Neste contexto, destaca-se o tratamento das sementes, prática fundamental para garantir a alta produtividade com excelência.

Confira a seguir cinco dicas da Laborsan Agro para você não errar na hora de executar esta tarefa:

1. Excelência do cultivo

O controle de qualidade das sementes é um fator fundamental para assegurar a excelência de um cultivo em uma propriedade. Com técnicas adequadas, obtém-se rendimentos elevados na lavoura, a chamada alta produtividade.

2. Aplicação

O tratamento de sementes consiste na aplicação de defensivos químicos ou biológicos, como fungicidas e inseticidas nas sementes. Após o tratamento, as sementes são protegidas das condições adversas especificadas e tem como objetivo suprimir, controlar ou afastar fungos, insetos e outras pragas que atacam as sementes. Desde o solo até a formação das plantas.

Certifique- se que o equipamento de aplicação esteja calibrado, isso garantirá que a dose desejada dos produtos fitossanitários será aplicada nas sementes.

3. Características

É importante destacar que a qualidade das sementes pode ser medida por meio de características genéticas, físicas, fisiológicas e sanitárias. Atente-se a cada um desses aspectos. É recomendável fazer uma lista com todos estes pontos e realizar uma observação criteriosa. Lembrando que é de suma importância adquirir sementes certificadas, alto vigor e se possível com rastreabilidade. Conhecer seu fornecedor de sementes garante o sucesso e produtividade de lavoura.

4. Medidas preventivas

O tratamento de sementes está totalmente associado à prevenção. Quando bem executado, contribui diretamente para o combate aos fitopatógenos, ou seja, os fungos e pragas de solo.

5. Quadro da propriedade

Antes de iniciar o tratamento, identifique o quadro da propriedade. Responda estas importantes perguntas: Qual é o tipo de manejo utilizado? Quais as pragas que afetam a região da sua propriedade? Com qual frequência a sua propriedade é atingida por pragas? Houve perdas significativas nas últimas safras?

Sempre que for tratar sementes, cuide de sua segurança e saúde, use EPI.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Agricultura

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE