Agroindústria

Agroindústria

Fechar
PUBLICIDADE

Agroindústria

Setor de transporte está atento às medidas de prevenção ao coronavírus.

 
 -   /
/ /

O setor transportador de todo o país está atento e comprometido para evitar a propagação do novo coronavírus e elevar a segurança de trabalhadores e usuários dos serviços. Empresas de todos os modais têm adotado uma série de medidas.

No transporte urbano de passageiros, as empresas reforçam a higienização diária dos veículos, com maior frequência durante o dia, além de manter as janelas abertas sempre que possível. No transporte interestadual de passageiros, além da higienização reforçada, as empresas redobram a atenção quanto à disponibilidade de água e sabão nos sanitários dos veículos e disponibilizam álcool em gel em locais de atendimento e durante o embarque.

A mesma iniciativa tem sido realizada pelas operadoras metroferroviárias, que, além disso, treinaram as equipes para o esclarecimento de dúvidas e o atendimento aos passageiros.

No setor aéreo, as companhias adotam os procedimentos estabelecidos pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e implementam políticas adicionais próprias para atender os passageiros e minimizar os danos decorrentes de adiamentos ou cancelamentos de viagens. As equipes, por sua vez, estão preparadas para implementar protocolos de ação diante de casos suspeitos. As companhias também estão flexibilizando as regras para a remarcação e o cancelamento de viagens.

Lembramos, ainda, que a Confederação Nacional do Transporte também está atenta aos impactos econômicos que a pandemia já tem causado ao setor.

O país vive um momento de crise, e é fundamental destacar a importância da atividade transportadora para o abastecimento das cadeias de suprimentos. As empresas têm seguido as recomendações das autoridades de saúde para garantir que as entregas sejam realizadas com segurança e responsabilidade. Por isso, é importante ter atenção especial às possíveis restrições que sejam necessárias acontecer. O transporte é responsável por garantir que não faltem alimentos, medicamentos nem produtos de higiene e limpeza no país.

O SEST SENAT, também atento ao problema, tem seguido as recomendações das autoridades em todo o país para o enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente do novo coronavírus.

Em razão disso, as unidades operacionais têm adotado providências para cumprir as determinações dos governos locais, além de realizar diversas ações para combater a disseminação do vírus e garantir o bem-estar físico dos seus clientes e colaboradores.

Aulas de cursos presenciais e atividades esportivas estão suspensas em diversos estados. Além disso, atividades e projetos que envolvem aglomeração de pessoas foram adiadas. As informações estão sendo atualizadas diariamente no site do SEST SENAT.

A CNT, como entidade representativa do setor de transporte nacional, se coloca à disposição das autoridades para auxiliar no planejamento e na execução de ações emergenciais que possam auxiliar o país neste momento de crise.

 

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE