Pecuária

Pecuária

Fechar
PUBLICIDADE

Pecuária

Tronco de contenção com nova tecnologia antirruído é lançado no Brasil.

 
 -   /
/ /

Principalmente nas grandes fazendas, onde mais de 120 animais podem ser manejados no tronco de contenção por hora. Por este motivo, as fabricantes de equipamentos investem na criação de tecnologias cada mais seguras e eficazes.

Um bom exemplo será visto na Exposição Agroindustrial de Londrina (Expolondrina), que será realizada entre os dias 9 e 19 de abril na cidade de mesmo nome, no interior do Paraná. A mostra será a primeira a apresentar uma nova linha de troncos de contenção denominada Revolution.

Ganhou esse nome porque representa uma verdadeira reinvenção de todos os equipamentos da Balanças e Troncos Açôres. Com sede, em Cambé, também no Paraná, a empresa lança o modelo após uma extensa pesquisa de mercado e de benchmarking.

Além de incorporar o conceito de bem-estar animal, levando em conta todos os preceitos defendidos pela norte-americana Temple Grandin (referência mundial no assunto), a linha de troncos Revolution chega certificada para as normativas de Saúde e Segurança no Trabalho.

Ou seja, elas atestam que o novo modelo é ergonomicamente correto, preserva a saúde auditiva do operador e ainda o protege de acidentes durante o manejo de um animal que facilmente pode superar peso de 500kg.

As inovações em relação ao bem-estar animal não se resumem apenas à redução de ruído, o design da linha Revolution foi desenvolvido para que o animal não veja o manejador.

Esse fator, por si só, já é capaz de reduzir de forma drástica a reatividade do animal, que ainda é estimulado a adentrar o tronco espontaneamente, pelo fato de ocorrer menor incidência de luz dentro do equipamento.

Bovinos não enxergam profundidade e tendem a empacar ao ver sombras. Cores vibrantes causam efeito similar, por este motivo o novo tronco também trabalha com apenas duas de tom frio.

“É uma tecnologia de última geração que atenua drasticamente barulho, esforços físicos e operações manuais, além de ser totalmente projetado para o bem-estar animal”, informa Gabriel Hauly, diretor da Balanças e Troncos Açôres.

Sua estrutura é toda em aço, com portões e acabamentos em materiais técnicos de alta densidade e com proteção UV, a mesma tecnologia utilizada na indústria automotiva.

O piso é antiderrapante, não existem pontas ou saliências capazes de ferir o gado e ainda dispensa madeira, o insumo mais utilizado nos troncos de contenção, hoje.

Revolution pode ser totalmente automatizado

Os troncos de contenção da linha Revolution podem ser pré-programados para apartes automáticos, segundo o manejo planejado, no entanto, necessitam de alguns acessórios.

São eles o conjunto de brincos eletrônicos, os bastões leitores, os portões automáticos, a balança eletrônica ACR Heavy Duty BPB 085 Smart Balance ou a barra de pesagem inteligente da Açôres (BPB 085 IoT Connection), ambas embarcadas com Internet das Coisas.

Entre a infinidade de funções disponíveis, a configuração de manejo individual permite:

• Atribuir peso desejável para o abate;
• Verificar o peso em arroba já descontada da carcaça;
• Calcular a dosagem de vermífugo a cada 50 kg de peso vivo;
• Acompanhar o ganho em peso diário.

Já no manejo por lote, é possível:

• Identificar maior e menor peso e a variação;
• Peso total acumulado;
• Estimar a média de peso;
• Obter peso total em arrobas e rendimento de carcaça.

“Tudo isso em uma ou mais fazendas, simultaneamente, que podem ser monitoradas pelo smartphone com uso do nosso aplicativo ACR Manejo Control”, conclui Hauly. Por enquanto o app é disponível apenas para o sistema Android.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Pecuária

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE