Pecuária

Pecuária

Fechar
PUBLICIDADE

Pecuária

Brasil quer criar bloco continental para defesa sanitária.

 
 -   /
/ /

O presidente da ABPA afirma que o mundo está registrando focos de doenças preocupantes, como a influenza aviária, e as boas práticas precisam ser propagadas

O Brasil defenderá a criação de um bloco continental para defesa sanitária de aves na próxima quarta-feira, 19, na República Dominicana. A proposta da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) é apresentar no encontro da avicultura latino-americana um plano de ação para proteger os países de doenças como a influenza aviária.

“Estamos vivendo um momento muito preocupante, peste suína africana e influenza aviária voltando. A nossa região precisa ser preservada. Trocando informações e nos apoiando, com participação do poder público e do setor privado, mantemos um status diferenciado”, comenta o presidente da ABPA, Francisco Turra. “Queremos passar isso para os outros sulamericanos e latino-americanos”, diz.

A China anunciou que importará aves vivas, o que, segundo Turra, já era um movimento esperado. “Eles começaram a importar material genético, dos Estados Unidos e até daqui, mas aí surgiram os focos de influenza aviária. É um vírus de alta patogenicidade, que pode fazer mal até para quem come”, diz.

 

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE