Variedades

Variedades

Fechar
PUBLICIDADE

Variedades

Agricultora cria refrigerante de hibisco.

 
 -   /
/ /

Quando se pensa em hibisco a primeira imagem que se tem é a da flor muito utilizada em ornamentação. Mas as características alimentícias da planta garantem a presença dela em diferentes preparações culinárias. O refrigerante de hibisco é um exemplo e é a prova de que é possível agregar saúde e sabor à flor. E o melhor: transformar o chá amargo em uma bebida doce e funcional.

Foi o que fez a agricultora de Criciúma Zenaide Mrotskoski: ela viu na flor não somente beleza, mas também as propriedades nutricionais que a planta possui. Zenaide conta que decidiu experimentar o chá de hibisco quando escutou na televisão que ele auxiliava no processo de emagrecimento. Mas o sabor a impediu de ver os resultados do chá dito emagrecedor, já que no primeiro gole achou o gosto ruim. E da experiência azeda surgiu a ideia de inovar aquela bebida e torná-la mais saborosa. “O chá não era bom, não consegui tomar. Fiquei com pena pois tinha sobrado tudo. Peguei o chá, deixei esfriar e resolvi fazer o refrigerante”, conta aos risos.

O refrigerante com fermentação natural já era feito com laranja, maracujá e bergamota na propriedade da família Mrotskoski. Zenaide adaptou a receita para o chá do hibisco e o resultado foi um sucesso. O marido, a filha e até os vizinhos adoraram o sabor da preparação exótica. Apesar de não comercializar o refrigerante, Zenaide não descarta a ideia de que ele pode virar fonte de renda extra se caso for vendido. “Fazemos só para os familiares, mas acreditamos que ele poderia ser vendido. Porém, como ele é 100% natural, teria que adaptar a receita para ter mais durabilidade”.

Os ingredientes do refresco são poucos e a maneira de preparo é simples. Apenas com o chá feito das flores secas do hibisco e com o açúcar, que ajuda a quebrar o azedo da bebida e produz a fermentação natural, o refrigerante fica pronto. “A cor chama muita atenção, fica lindo. E a quantidade de açúcar utilizado é muito menor nesse refrigerante em comparação com a quantidade utilizada no artificial”, conta Zenaide.

Receita compartilhada

A extensionista da Epagri de Criciúma, Lidiane Camargo, foi uma das pessoas a saborear e se surpreender com o gosto do refresco de hibisco. A opção mais saudável para o refrigerante e a popularidade que a bebida estava ganhando fizeram com que a ela divulgasse a receita para mais agricultoras. “Eu e a Zenaide passamos a fazer uma oficina para compartilhar o produto e incentivar outras agricultoras a fazerem em casa também. A alimentação saudável ganha cada vez mais espaço e a ideia do refrigerante natural foi bem aceita por todos”, relata a extensionsita.

A fama dos benefícios em relação às propriedades da planta é real, porém é preciso que ela seja usada com moderação e utilizada conjuntamente a uma alimentação equilibrada. “O hibisco tem propriedades antioxidantes e pode auxiliar no emagrecimento se associado a hábitos de vida saudável. No entanto, há restrição para mulheres em idade fértil que pretendem engravidar. Mas não é método anticoncepcional”, explica a nutricionista Cristina Ramos Callegari, nutricionista extensionista da Epagri de Florianópolis.

A alimentação saudável é um hábito que as pessoas têm buscado implementar em seu cotidiano. Segundo pesquisa divulgada em 2018 pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), 80% dos brasileiros procuram ter uma alimentação mais saudável. Os benefícios que uma alimentação equilibrada pode trazer são vários e vale a pena o esforço para inovar e introduzir novas receitas e alimentos nas refeições.

Receita de refrigerante de hibisco

100g de hibisco seco (Hibiscus sabdariffa)

1 litro de água fervente

200g de açúcar para cada PET (na receita são usadas 10 garrafas)

Modo de preparo: Colocar o hibisco na água fervente e fazer um chá. Deixar esfriar bem (preferencialmente até o dia seguinte), dividir o chá em 10 garrafas PET de dois litros e completar com água. Em cada garrafa acrescentar 200g de açúcar (o açúcar vai fermentar o líquido, então será necessário deixar dois dedos de espaço para a formação do gás). Mexer para a diluição do açúcar e deixar em local escuro e na horizontal. Após 15 dias o refrigerante está pronto para ser consumido.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Variedades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE