Artigos

Artigos

Fechar
PUBLICIDADE

Artigos

Nematóides, o que são e como controlar de forma eficaz.

 
 -   /
/ /

Além de retirar substâncias nutritivas das plantas, provocam a injeção de substâncias tóxicas no interior da célula vegetal. Estes são apenas dois de vários prejuízos causados pelos nematoides, vermes que possuem o corpo pequeno (0,3 a 3mm de comprimento e 0,015 a 0,050 mm de diâmetro) em formato cilíndrico e transparente. 

Presentes no solo e na água, um grande número destes organismos parasitam em plantas – chamados fitonematoides. Eles podem atuar tanto nos órgãos subterrâneos, como raízes e bulbos, como também nos aéreos, como folhas e caule. Por causar sérios danos à lavoura, é importante estar atentos à todos os sinais apresentados por estes organismos, que podem ser identificados por etapas.

O NEMATOIDE NO CAMPO

O deslocamento de nematoides no solo é bastante limitado, e por isso, podem utilizam a água de irrigação, ventos fortes, mudas produzidas em substratos ou solos infectados, máquinas e implementos agrícolas e movimentos de animais e pessoas na área como meios para chegar às áreas de cultivo.

Por isso, a rotação e a sucessão de culturas tem papel fundamental no aumento ou diminuição da população desses organismos no solo.

OS SINTOMAS

Os problemas começam a ser percebidos na parte aérea da planta, que passa a ter dificuldade para retirar água e nutrientes do solo. Normalmente, os ataques ocorrem nas reboleiras, onde as plantas apresentam sintomas mais evidentes de deficiência nutricionais, como pouca resistência à falta d’água ou a extremos de temperaturas, produção reduzida e, eventualmente, morte prematura.

A IDENTIFICAÇÃO

Para saber qual a espécie de nematoide está causando doença na lavoura, é necessário fazer uma análise de amostras de solo e raízes, que pode ser realizada tanto na fase de pré-plantio quanto em fases posteriores de desenvolvimento da cultura. Assim, é possível reduzir os prejuízos e/ou amenizar as perdas. Algumas dicas:

Recomenda-se coletar em torno de 15-20 subamostras por hectare em profundidade de 20-30 cm ao redor das plantas;

Após a coleta, as subamostras devem ser homogeneizadas em sacos de polietileno, formando amostras compostas de cerca de 400-500g de solo homogeneizado e 200-300 gramas de raízes coletadas aleatoriamente;

Após isso, a amostra composta deve ser identificada e enviada para um laboratório especializado. A ação de combate contra o organismo só deve ser realizada com a identificação concluída.

AÇÕES DE CONTROLE

Os métodos de controle têm como objetivo reduzir ou manter a população de nematoides em níveis baixos para que não causem perdas econômicas. Pensando nisso, podemos considerar alguns métodos, como:

1. Controle preventivo

Utilização de mudas e sementes sadias;

Manter o terreno limpo, sem a presença de restos de culturas ou plantas daninhas;

Realizar periodicamente a limpeza das ferramentas e maquinários agrícolas;

2. Rotação de culturas

Culturas que não hospedam um determinado tipo de nematoide elimina total ou parcialmente estes organismos pela falta de alimento. Se em determinada área é plantada a mesma cultura suscetível ciclo após ciclo, as populações de nematoides que se desenvolvem nesta área tendem a aumentar.

3. Plantas antagonistas

São plantas capazes de impedir o desenvolvimento de algumas espécies de nematoides por meio de repelência ou liberação de substâncias tóxicas. Algumas delas:

plantas armadilhas – o organismo consegue penetrar o sistema radicular, porém, não é capaz de completar seu ciclo de desenvolvimento;

hospedeiras desfavoráveis – o nematoide penetra no sistema radicular, porém, poucos se desenvolvem;

4. Controle biológico

Vários organismos são considerados inimigos naturais de fitonematoides, como os nematoides predadores, vírus, ácaros, fungos e bactérias.

Em todas as práticas citadas podemos ainda adicionar:

eliminação de camadas compactadas de solo;

melhoria do equilíbrio do pH;

manutenção de bons níveis de potássio.

A adoção dessas práticas deverá ser realizada de acordo com a necessidade de cada área, da espécie de fitonematoide presente e do seu nível populacional. Um engenheiro agrônomo deve ser consultado para mais informações, ou a necessidade de criar de um programa de controle de nematoides.

 

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE