Agricultura

Agricultura

Fechar
PUBLICIDADE

Agricultura

Estímulo de microrganismos no solo contribui para melhor desenvolvimento.

 
 -   /
/ /

A revitalização e equilíbrio do solo são aspectos fundamentais para a produtividade agrícola. O conjunto de microrganismos que vivem no solo, como os diferentes tipos de bactérias, é um dos principais elementos para a qualidade do terreno a ser cultivado. Esse sistema formado por microrganismos, plantas e solo recebe o nome de microbioma, e pode ser estimulado a fim de melhorar a nutrição vegetal.

Segundo o engenheiro agrônomo Aloísio Maciel, gerente técnico de Hortifruti da Alltech Crop Science, a busca por soluções que tragam equilíbrio de volta ao solo está em crescimento no setor agrícola. “Os manejos da terra feitos atualmente, como a aração e uso de químicos, acabam por diminuir a população microbiológica do solo. O desafio é entender aspectos como a composição química e a resposta da planta a partir do estímulo ao crescimento de microrganismos benéficos, e como influencia na produtividade e desenvolvimento vegetal”.

Pesquisa científica

Para compreender as relações de estímulo ao crescimento de bactérias e seus benefícios à produção agrícola, o professor Adailson Feitoza, do Programa de Pós-Graduação em Ecologia Humana e Gestão Socioambiental da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), desenvolveu pesquisas laboratoriais buscando meios de cultura que multiplicassem esses microrganismos.

No estudo, realizado com extratos fermentados ricos em minerais, foi observada grande taxa de crescimento de bactérias benéficas às plantas e maior equilíbrio biológico. “Este equilíbrio leva automaticamente a uma melhor disponibilidade de nutrientes”, explica o professor. O extrato age como alimento para os microrganismos, permitindo sua reconstituição de forma mais rápida.

Como acrescenta Maciel, o uso de extratos fermentados naturais beneficia especialmente o enraizamento das plantas, reduzindo os impactos por deficiências do solo. “Quando trabalhamos com esses compostos, conseguimos recuperar algumas características como equilíbrio de acidez e salinidade, além da disponibilidade de nutrientes. Isso é fundamental para recuperar a capacidade produtiva do solo, com melhoria em seus aspectos biológicos e orgânicos”.

Feitoza ainda ressalta que para equilibrar a microbiota, geralmente não é necessário acrescentar bactérias ao solo, mas apenas estimular aquelas já presentes. “Os solos naturalmente já possuem bactérias capazes de solubilizar fosfatos, nutrientes que aumentam a capacidade de retenção da água, e disponibilizá-los para as plantas. Assim, ferramentas e diferentes técnicas para estimulação do microbioma nativo podem ser utilizadas pelos produtores para melhorar a condição microbiológica do solo”, finaliza.

 

 

PUBLICIDADE

Curiosidades

Mais Lidas em Agricultura

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE