Pecuária

Pecuária

Fechar
PUBLICIDADE

Pecuária

Criada vacina que previne falha de reprodução no gado.

 
 -   /
/ /

Um grupo de pesquisadores do Instituto Tecnológico de Chascomús, na Argentina, testaram com sucesso uma vacina que combate o parasita  Neospora caninum que  causa neosporose, uma doença infecciosa que se configura como a principal causa de aborto e falhas reprodutivas no gado. O desenvolvimento foi testado com sucesso em camundongos e os resultados foram publicados recentemente na revista Acta Tropica. 

N. caninum  é um parasita com características semelhantes ao  Toxoplasma gondii,  a causa da toxoplasmose. Ao contrário do último, que tem o gato como hospedeiro definitivo e pode ser transmitido a qualquer animal de sangue quente, incluindo o ser humano, ele possui o hospedeiro definitivo - ou seja, no qual realiza seu ciclo sexual - para o cão, mas não é capaz de infectar pessoas. No entanto, embora isso não importe no nível da saúde pública, é uma preocupação singular para o setor pecuário. 

“O feto pode morrer porque o parasita o quebra e depois deixa de receber a quantidade necessária de oxigênio e nutrientes. Outra possibilidade é que uma resposta exacerbada seja dada na mãe à infecção que é incompatível com a sobrevivência do feto. Caso o parasita atravesse a placenta, ele pode infectar o feto causando sua morte e o consequente aborto”, explica o pesquisador Valeria Sander, autor responsável pelo estudo. 

Segundo o profissional, “se o bezerro infectado nascer, ele pode ou não apresentar sinais da doença. Se ocorrer uma infecção grave, você pode morrer já nascido, embora na maioria das vezes sobreviva e o parasita permaneça inativo por toda a vida do animal. E no caso de uma fêmea infectada nascer, quando atingiu seu próprio estágio da gravidez, ela replicou o ciclo”. 

 

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE