Variedades

Variedades

Fechar
PUBLICIDADE

Variedades

Sustentabilidade ambiental, o que é? Tipos e exemplos.

 
 -   /
/ /

Você sabe o que significa o conceito de Sustentabilidade Ambiental? E como ele é empregado e pode mudar o ambiente de uma empresa?

Neste artigo, vamos ensinar os conceitos de sustentabilidade e mostrar sua importância na vida das pessoas, inclusive dentro do ambiente de trabalho.

Em tempos de conscientização ambiental, especialmente impulsionada pelo aumento demográfico, industrialização e mudanças climáticas, ações de sustentabilidade devem estar integradas no ambiente pessoal e profissional.

O QUE É SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL?

O termo sustentabilidade está ligado diretamente à ideia de utilizar algo, sem que com isso seja esgotada sua capacidade de ser consumida por outras pessoas. A sustentabilidade ambiental também tem esse significado, porém de maneira mais complexa, por estar ligada ao meio ambiente e a todas as coisas o englobam.

O conceito de sustentabilidade ambiental define a maneira de que nós, seres humanos, utilizamos os bens e recursos naturais, para suprir nossas necessidades, sem que com isso exista o esgotamento e haja suprimento para as próximas gerações. É simples: ser sustentável é utilizar e cuidar para que não falte ao próximo que vai utilizar, formando assim uma cadeia solidária que busca preservar da melhor maneira possível o meio ambiente.

O termo está diretamente ligado ao desenvolvimento sustentável, que começou a ser mais abordado na década de 1980, quando iniciaram-se as discussões sobre o crescimento e desenvolvimento sem a extinção dos recursos naturais.

É sabido que toda ação humana modifica o meio ambiente, sem exceção. Também entendemos que, sem o meio ambiente, o homem não pode viver. Essa interação sustentável é importante para que os dois componentes, homem e natureza, possam conviver em harmonia, sem prejuízos para nenhum dos dois.

A importância da sustentabilidade ambiental é medida pelo quão importante é o meio ambiente na vida do homem. Sem os recursos naturais, que incluem água, o oxigênio, minérios, solo, a energia e calor do sol, as florestas, os animais o homem não pode viver. E por isso podemos medir a essencialidade de manter esses recursos de maneira sustentável.

Muitas pessoas já perceberam a necessidade de aplicar o conceito de sustentabilidade em suas ações diárias, como, por exemplo, consumir produtos naturais, evitar o consumo excessivo de produtos químicos, reutilizar embalagens, separar o lixo e incentivar a reciclagem, utilizar transportes menos poluentes, ensinar as crianças e jovens com uma educação ambiental adequada, entre outras ações.

Essas ações trazem benefícios a médio e longo prazo e, talvez por isso, seja tão difícil que toda a sociedade participe. Porém, a conscientização vai além das práticas diárias. A sustentabilidade ambiental também deve estar inserida no ambiente corporativo, com ações que resultem num crescimento econômico sem prejuízos ao meio ambiente.

E por que não crescer e ser sustentável ao mesmo tempo? Abaixo vamos listar algumas ações de Sustentabilidade Ambiental para o ambiente corporativo que podem ajudar as empresas a melhorarem o seu desempenho e colaborarem com o meio ambiente.

Criar e desenvolver novos métodos que garantam a sustentabilidade dentro do crescimento econômico, abrangendo assim o desenvolvimento sustentável, é um desafio que deve ser posto em prática no cotidiano empresarial. Para isso, devemos conhecer algumas mudanças que permitam um crescimento saudável nas cadeias da indústria e serviços.

Seguir os princípios do desenvolvimento sustentável, como criar uma responsabilidade social quanto à utilização e gestão do meio ambiente, o comprometimento com práticas sustentáveis, entre outra ações, pode significar um crescimento econômico de empresas sem prejuízos para a natureza.

VEJA OS PRINCIPAIS BENEFÍCIOS DE AÇÕES DE SUSTENTABILIDADE NAS EMPRESAS

1. A economia de material como aliada na gestão financeira interna

Quando a empresa opta por uma gestão consciente de material de produção, está desenvolvendo não só uma ação sustentável, mas também um plano de redução de gastos que pode significar um aditivo no orçamento total.

O uso consciente de materiais e insumos gera uma redução de sobras, o que, dentro do ambiente corporativo, é de grande importância. Para integrar tal ação, os responsáveis pela área devem investir em treinamento de mão de obra, com a qualificação dos funcionários das áreas atingidas e em tecnologia, que pode apresentar novas metodologias de utilização e controle. Essa ação colabora com a sustentabilidade ambiental e ajuda o empreendedor.

2. Descarte de lixo e reciclagem de material no ambiente corporativo

Em alguns casos, a sobra de material é inevitável, mas isso não deve significar um descarte irresponsável. A separação correta dos excessos e a condução adequada dos mesmos contribui para o desenvolvimento sustentável da empresa.

Pontos de coleta e avaliação de itens que podem ser reutilizados ou reciclados devem estar no contexto das ações internas. Neste caso, os funcionários devem ser orientados para realizar a separação in locu.  A reciclagem pode abranger desde copos descartáveis até materiais industriais e de escritório.

Os copos plásticos também podem ser eliminados através da distribuição de canecas ou copos individuais.

A empresa pode utilizar também de coletores locais de reciclagem, dentro da própria comunidade inserida, o que faz com que cumpra de modo saudável seu papel social.

Os itens que não forem recicláveis poderão ser direcionados para um sistema de compostagem, que poderá fomentar com insumos de base orgânica uma horta ou jardim da própria empresa. Isso é ser sustentável e colaborar com boas práticas.

3. Técnicas de aproveitamento de recursos naturais

Ainda no plano de sustentabilidade ambiental, uma empresa consciente deve buscar projetos que conduzam a um conceito onde possa se beneficiar da própria natureza, usufruindo do que ela oferece de melhor.

A utilização, por exemplo, de energia solar como fonte de energia limpa é uma boa medida. Além de ser uma prática sustentável adotada em diversos países, essa fonte pode significar uma redução considerável de gastos com contas de energia elétrica.

O sol, além da energia limpa, também pode estar presente em ambientes no espaço físico da empresa, como em salas de reunião e refeitórios, onde a claridade pode ser destacada com mudanças simples na arquitetura local, como a abertura de janelas maiores ou telhas de vidro, que favoreçam a iluminação natural.

Ações simples de sustentabilidade transformam o âmbito corporativo, propiciando o desenvolvimento sustentável daqueles que adotam uma proposta de crescimento consciente, em conjunto com seus colaboradores.

4. Tecnologia a serviço do meio ambiente

As tendências tecnológicas acompanham as boas práticas. Ao pensar em contenção de resíduos, podemos incluir papéis de divulgação de produtos e uso interno. Uma tendência crescente é a criação de aplicativos que facilitem a comunicação entre as pessoas, no próprio computador ou painel de avisos, de maneira rápida e limpa.

Novas tecnologias que favoreçam a redução do consumo de água é uma  grande aliada  ao ambiente corporativo. Além da conscientização dos colaboradores, ajuda com a manutenção do meio, diminuindo impactos e os gastos excessivos.

Uma outra tendência é a utilização de roupas de material com tecnologia biodegradável, que deve ser adotada no uniforme dos colaboradores. Estimular o conhecimento de novos materiais e a quebra de paradigmas é um grande passo para o sucesso de práticas de sustentabilidade ambiental.

Vale lembrar que todas as ações devem ser promovidas e explicadas aos funcionários, para que o esclarecimento dos temas possa induzir à conscientização e interação ambiental. 

As empresas também podem ser importantes influenciadoras na vida de seus clientes. Ao produzirem produtos com ênfase em processos sustentáveis, materiais que não agridam o meio ambiente, e serem representadas por ações que colaborem para um desenvolvimento sustentável, podem induzir clientes e colaboradores às praticas colaborativas de consciência ambiental.

É papel do governo e das empresas colaborarem para que a comunidade esteja envolvida em ações de educação ambiental e desenvolvimento sustentável, como forma de usufruir daquilo que a natureza nos oferece, sem extinguir recursos preciosos, que influenciam diretamente em nossa qualidade de vida.

Toda a sociedade deve estar unida em busca de uma maior proteção do meio ambiente. Com ações simples, uma pessoa pode mudar sua realidade. Com atos em massa, todos podemos mudar o mundo.

 

 

PUBLICIDADE

Mais Lidas em Variedades

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE