Mundo

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Mundo

Aos 77 anos, britânica se torna a pessoa mais velha a dar a volta ao mundo navegando sozinha

Ela superou velejador japonês que detinha o recorde. Jeanne Socrates foi aplaudida por centenas de pessoas ao concluir o feito, no Canadá.

 

Uma britânica de 77 anos se tornou a pessoa mais velha a dar a volta ao mundo sozinha de barco, sem parar e sem ajuda.

Jeanne Socrates completou sua viagem de 320 dias em Victoria, no Canadá. Ela foi acompanhada por um grupo de barcos durante os momentos finais da jornada e centenas de pessoas a aplaudiam no porto quando chegou, no último fim de semana.

Durante a viagem, o barco de 11,5 metros da navegadora, chamado Nereida, sofreu danos nas velas e seus painéis solares foram perdidos no mar, informa o diário "The Guardian".

Jeanne já era a mulher mais velha a dar a volta ao mundo quando o fez uma outra vez, em 2013. Agora, ela virou a pessoa mais velha incluindo os homens, ao ultrapassar o japonês Minoru Saito, que tinha 71 anos quando completou sua viagem em 2005.

"Os deuses do vento não estavam comigo, tive que escapar de dois ciclones no Havaí e um ciclone no oceano Índico. Perdi uma semana com isso", comentou Jeanne.

Ela também agradeceu ao público pelo apoio: "Eles me enviaram ótimas mensagens, acho que gostam do fato de eu ter perseverado e superado tantos problemas ao longo do caminho, e que mostrei que isso podia ser feito".

Jeanne começou a velejar com o marido logo após se aposentar, em 1997. Os dois viajaram por Europa, Caribe e Estados Unidos. Depois que seu marido morreu, em 2003, a britânica continuou navegando sozinha.

 

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE