Agroindústria

Agroindústria

Fechar
PUBLICIDADE

Agroindústria

Saiba como vai funcionar observatório que unificará dados da agropecuária brasileira

Sistema lançado pelo governo federal tem objetivo de ajudar condução de políticas públicas para setor

 
 -   /
/ /
ÁUDIOTEXTO PARA RÁDIOFoto: Ministério da AgriculturaO Observatório da Agropecuária Brasileira, inaugurado na última quinta-feira (5), pela ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, e o presidente Jair Bolsonaro, permitirá o acompanhamento e gestão integrada dos dados produzidos pelo ministério e por outras pastas do governo que tenham projetos relacionados a diferentes cadeias produtivas dos setores da agropecuária.

A ferramenta que dará a gestores acesso a informações estratégicas para a tomada de decisões e elaboração de políticas públicas para o setor agropecuário foi desenvolvida em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).
O instrumento possibilitará o cruzamento de informações do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), com a Secretaria de Política Agrícola. 

Dados da Embrapa Territorial, do Plano da Agricultura de Baixo Carbono e do Cadastro Ambiental Rural (CAR) também poderão ser acessados de forma integrada pelos gestores.

Localizado em uma sala de situação no próprio ministério, o observatório funcionará em espaço com 12 telas de vídeos integradas, além de recursos de interligação de dispositivos móveis, computadores e videoconferência. Entre as informações disponibilizadas estão imagens de satélite, gráficos com dados econômicos, comerciais e de produção nacional e regional.

No lançamento do observatório, Tereza Cristina destacou que a ferramenta será “um marco” no desenvolvimento de políticas públicas para ajudar os agricultores, principalmente os pequenos. “Essa é nossa ideia, de colocar tudo em conjunto para que essas informações sistematizadas possam nossa ajudar no que queremos fazer para essas políticas públicas, principalmente para o pequeno produtor”, comentou a ministra.

O secretário de Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação do Mapa, Fernando Camargo, afirmou que será primeira vez que a pasta vai consolidar todos os dados da agropecuária nacional. “Acho que essa é uma grande conquista desse governo e acredito que em breve os cidadãos vão poder ter acesso a esses dados consolidados”, concluiu.
 

 

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE