Notícias

Notícias

Fechar
PUBLICIDADE

Notícias

Pesquisadores e artistas realizam ato em defesa da ciência na Amazônia em Belém

A manifestação marca o Dia da Amazônia no dia 5 de setembro.

 
 -   /
/ /

Pesquisadores, estudantes e artistas fizeram um ato científico-cultural nesta quinta-feira (5), no Mercado de São Brás, em Belém, para marcar o Dia da Amazônia. Dezenas de pessoas, segundo a organização, passaram pelo local.

Além de apresentações culturais, o ato teve a exposição de banners de pesquisadores do Museu Paraense Emilio Goeldi (MPEG) e da Universidade Federal do Pará (UFPA). Foram expostos trabalhos científicos sobre a Amazônia e também animais coleções de insetos, peixes, répteis e anfíbios do acervo da UFPA.

"O intuito era, principalmente, chamar a atenção sobre a postura do Governo Federal em relação às queimadas na Amazônia e à política de desmantelamento da ciência no Brasil, que vem impedindo vário alunos e pesquisadores de desempenharem seus trabalhos", disse a pesquisadora Lorena Bitar.

No Pará, quase 90 pesquisadores serão afetados pelos cortes de bolsas da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). A medida do governo bloqueia 5.613 bolsas de mestrado, doutorado e pós-doutorado, o que representa R$38 milhões de investimentos suspensos.

O ato foi proposto pela Frente Salve a Amazônia, formado por pesquisadores e representantes de outros setores da sociedade.

Cientistas apresentaram em Belém pesquisas realizadas na Amazônia. — Foto: Netto Dugon Cientistas apresentaram em Belém pesquisas realizadas na Amazônia. — Foto: Netto Dugon

Cientistas apresentaram em Belém pesquisas realizadas na Amazônia. — Foto: Netto Dugon

 

 

Mais Lidas em Notícias

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE