Agricultura

Agricultura

Fechar
PUBLICIDADE

Agricultura

Paripassu discute consumo, varejo, desafios e oportunidades para a cadeia de FLV no PMA Fresh 2019

 
 -   /
/ /

A PariPassu, empresa de soluções em rastreabilidade, qualidade e monitoramento para o desenvolvimento da cadeia de alimentos perecíveis, que faz parte do GenesisGroup, participou de mais uma edição do PMA Fresh Connections 2019, evento que reúne produtores, fornecedores e líderes do setor de Frutas, Legumes e Verduras. A empresa colaborou na construção de um painel de debate com especialistas do mercado financeiro para discutir os desafios e oportunidades no varejo, além de abordar as tendências atuais de consumo.

O painel trouxe uma perspectiva do varejo para Frutas, Legumes e Verduras sob a ótica de três importantes investidores: Actis, Crescera e Partners Group e foi moderado por Nelson Bechara, CEO do Genesis Group. “É essencial ouvir os investidores que estão no negócio para entender sua visão e reforçar estes conceitos para os produtores. Isso ajuda a nos estruturar e preparar para atender às demandas, especialmente com foco no objetivo do GenesisGroup, que é proporcionar segurança alimentar para os nossos clientes, do campo à mesa”, conclui Bechara.

Segundo o painelista Patrick Ledoux, sócio do fundo Actis, o comportamento do cliente nas gôndolas dos supermercados está em transformação. “O consumidor quer conhecer a história dos alimentos. De onde veio?  Como foi cultivado? Ele seguiu padrões de sustentabilidade? Adicionalmente, eles buscam alimentos práticos e ao mesmo tempo saudáveis. Essa é uma enorme oportunidade para os produtores de FLV”.

Giampaolo Buso, diretor da PariPassu, avaliou como muito positiva a evolução do PMA Fresh Connection 2019, com uma participação de quase 1.000 pessoas, contemplando todos os elos da cadeia. Foram mais de 65 empresas expositoras e palestras com conteúdo de alto nível. “O Setor de FLV está no momento certo e no local certo. Agora precisamos todos fazermos de forma certa. Isto significa cuidar da qualidade, da segurança do produto, da correta comunicação, a adoção de tecnologia e principalmente, cuidar das pessoas que trabalham no setor”.

Giampaolo acrescenta que a Associação é uma oportunidade de exercitar um trabalho conjunto e resultado coletivo, sendo que o foco do PMA Brasil é criar ambientes para o relacionamento entre os agentes da cadeia de abastecimento, trabalhar para o aumento do consumo de FLV e desenvolver novos talentos para garantir perenidade do trabalho.

 

 

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE