Agricultura

Agricultura

Fechar
PUBLICIDADE

Agricultura

IoT chega aos troncos de contenção de bovinos

 
 -   /
/ /

O tronco de contenção é um equipamento indispensável na pecuária atual e assim como qualquer outra tecnologia passa por constantes evoluções. Nesta quarta revolução industrial, onde tudo se torna mais simples, automatizado e conectado, a Açôres Troncos e Balanças preparou novidades para toda a linha de produtos.

A principal delas é a integração do conceito de IoT (Internet das Coisas) ao processo de pesagem. Muitas são as vantagens ao pecuarista, dentre as quais pode-se destacar a eliminação de fios nas barras de pesagem e da própria balança eletrônica, um microcomputador normalmente acoplado ao tronco de contenção.

Desta forma, o controle e acesso de dados de desempenho passa para as mãos do criador, onde quer que ele esteja, permitindo a ele acompanhar a pesagem de lotes em tempo real ou elaborar os mais diversos relatórios a partir do smartphone, tablet e até mesmo Smart Tv, se preferir. Tudo isso graças ao app ACR Manejo Control, disponível para Android.

Mesmo a distância, o produtor consegue apartar lotes de vacas para inseminação artificial ou coordenar a vermifugação de todo o rebanho. Além disso, gastará menos com equipamentos, pois a eliminação, pela Açôres, da balança eletrônica, outra tecnologia de vanguarda, permitiu reduzir o preço do tronco de contenção em 20%.

“Nossa tecnologia IoT chama-se BPB 085 IOT Connection, na qual uma barra de pesagem inteligente é conectada à outra somente por um fio”, explica Gabriel Hauly, diretor da Açôres Balanças e Troncos e responsável pelo setor de inovação na empresa.

Mesmo com o novo dispositivo, a empresa ainda fornece as balanças eletrônicas de produção própria ACR HEAVY DUTY e ACR HEAVY DUTY FULL, resistentes a água e impactos de qualquer tipo. Elas suportam 1,5 milhão de pesagens.

Hoje, os produtos da Açôres já saem de fábrica totalmente automatizados, mas modelos antigos também podem ser adaptados. Além da IoT, os equipamentos incorporaram funcionamento eletro-hidráulico, controle remoto ou braço articulado que gira em 180º, ficando a escolha a critério de cada pecuarista.

Os troncos de contenção da empresa são resistentes a pancadas, não possuem saliências pontiagudas, os parafusos são autotravantes, o assoalho é antiderrapante e permitem acesso facilitado a todo o corpo do gado. São projetados para promover eficiência, bem-estar animal e segurança no trabalho, resultando na certificação NR 31.

A Açôres vai expor toda a linha automatizada e IoT na Expointer, uma das principais feiras agropecuárias da América Latina, que ocorre em Esteio/RS, de 24 de agosto a 1 de setembro.

Açôres no Brasil

A marca nasceu em 1956, quando Anwar Hauly decidiu adquirir a empresa de um grupo alemão. À época, existiam apenas a Açôres e uma outra companhia do segmento de pesagem.

Em sua terceira geração, a companhia com sede em Cambé (PR) foi dirigida pelo filho de Anwar, Eder Jorge Hauly, e, hoje, é comandada pelo neto de Anwar, Gabriel Hauly, de apenas 36 anos.

A companhia possui filiais em Santa Inês (MA), Cuiabá (MT), Campo Grande (MS) e Goiânia (GO), além de possuir representantes e assistência técnica em todo País. América Latina, África e Europa são mercados de exportação da Açôres, que também vende tecnologia de ponta para os Estados Unidos.

Investe pesado em pesquisa e desenvolvimento, o que resultou no primeiro tronco de contenção móvel metálico do Brasil (Tronco Metálico Móvel Impacto) e o primeiro com controle remoto do mundo (Gran Smart Prime). Também é a primeira empresa a utilizar as tecnologias de Realidade Aumentada e Óculos 3D no agronegócio brasileiro.

Mais informações: www.balancasacores.com.br

ATENDIMENTO À IMPRENSA 
Pec Press® - Comunicação Estratégica
Adilson Rodrigues – Jornalista Responsável (Mtb 52.769)
Robson Rodrigues – Coordenação 
Rafael Albuquerque – Atendimento
WhatsApp: (11) 9 8642-8773
imprensa@pecpress.com.br
www.pecpress.com.br 
 

 

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE