Notícias

Notícias

Fechar
PUBLICIDADE

Notícias

Prefeitura recebe doação de 50 caixas colmeia do Sindicato Rural e da Aprosoja

 
O expediente na Prefeitura Municipal de Sorriso começou hoje (19) com ações ligadas à sustentabilidade. Logo no início da manhã, a Administração recebeu, do Sindicato Rural de Sorriso e da Aprosoja, a doação de 50 caixas estilo colmeia, que serão destinadas às famílias cadastradas no Programa Vitamel, ao Projeto Nova Vida e ao Distrito de Primavera.

“Sorriso é prova que a agricultura familiar pode conviver de forma integrada com a produção em grande escala do agronegócio”, destacou o secretário de Agricultura e Meio Ambiente do município, Márcio Kuhn, enaltecendo o apoio que o Sindicato Rural de Sorriso dá aos projetos da agricultura familiar e reforçando que é preciso, cada vez mais, difundir o quanto o agronegócio é indispensável para a economia nacional.

Para o presidente do Sindicato Rural do município, Tiago Stefanello, o trabalho desenvolvido por meio da dobradinha “agronegócio e agricultura familiar” em Sorriso vem mudando conceitos e evidenciando que altos índices de produtividade, bem como grandes volumes de produção, estão alicerçados no conceito de sustentabilidade. “Iniciativas como esta do Vitamel nos instigam a reagir positivamente e somos parceiros desde o início, quando da doação de máquinas para que os reeducandos do Centro de Ressocialização de Sorriso (CRS) possam também construir estas caixas, assim como na aquisição destas que estão sendo entregues hoje, pois este trabalho serve de referência para todo o Brasil”, apontou.

Presente ao ato simbólico de entrega das caixas, o deputado estadual Ederson Dal Molin (Xuxu), destacou que o trabalho desenvolvido pelo Vitamel em Sorriso, com a sobrevivência e produtividade das abelhas desmistifica a questão da poluição do ar em Sorriso. “Recentemente, me envolvi em uma discussão sobre a questão dos defensivos agrícolas, que muitos chamam de agrotóxicos, e, inclusive, levei o mel produzido em Sorriso para mostrar que a Capital Nacional do Agronegócio, que detém a maior frota de aviões para pulverização do Brasil, consegue produzir mel de qualidade”, ilustrou.

O prefeito Ari Lafin lembrou o quanto o Vitamel vem contribuindo para a mudança de padrões e para a sedimentação da cultura da sustentabilidade no município. “Recentemente, os bombeiros participaram de um curso que mostrou como retirar as abelhas preservando a vida dos insetos, o que vai contribuir para o incremento do orçamento de muitas famílias e instituições que atuam no beneficiamento do mel”, contextualizou, reforçando que, não só o ar de Sorriso é limpo, mas igualmente suas águas, visto que o município também detém o título de maior produtor de peixe de água doce do país.

Entre as instituições beneficiadas com a doação está o Projeto Nova Vida, que trabalha na recuperação de dependentes químicos no município e, há cerca de um ano e meio, tem a apicultura entre as atividades laborais desenvolvidas com os internos.

A coordenadora do Vitamel, Clarice Saueressig, destacou que um dos objetivos do programa é justamente sensibilizar a sociedade sobre a importância de se respeitar as abelhas e promover a convivência pacífica com estes insetos que produzem um alimento riquíssimo, que pode se desdobrar em insumos para a utilização de várias maneiras, com destaque para a promoção da saúde. “O programa vem mudando a mentalidade acerca da criação de abelhas e acredito que em três ou quatro anos seremos referência em enxameamento no país”, estimou.

 

 

Mais Lidas em Notícias

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE